O Que É Necessário Para  Manter Um Casamento Feliz

Relacionar-se com alguém requer muita confiança, amor e esforço para que dure por muito tempo e traga felicidade para ambos os lados. Se já é difícil ter um relacionamento saudável quando se está namorando quando chega a fase do casamento tudo parece ser mais complicado, afinal, é comum cair na rotina e acabar deixando de lado a conquista e até mesmo o parceiro. 

Quando um casal decide se casar quer dizer que ambos estão dispostos a enfrentar juntos os empecilhos e barreiras que surgem no meio do caminho. Mas com a convivência e o passar do tempo o casamento acaba se tornando enfadonho e cair na rotina. Com isso, ser feliz numa relação assim fica praticamente impossível, pois os problemas menores se tornam gigantescos e praticamente intransponíveis. Mas se as dicas a seguir forem seguidas é possível melhorar a relação e ter felicidade.

                  ·       Será Que Ele Ainda Te Ama?

Romantismo no casamento
Em um casamento feliz os parceiros se enxergam como amantes e não como alguém com quem estão dividindo o apartamento. É interessante que o clima de romance que existia na época de namoro permaneça após o casal ter decidido se casar. Isso pode ser feito começando por um esforço para parecer um pouco mais atraente ou pelo menos dar uma arrumada no visual. Em seguida, aquele jogo de flerte com os olhos, sorrisos e gestos como esfregar casualmente a mão nas coxas ou cintura do outro, por exemplo. 

Fazer algo especial para o parceiro como surpreendê-lo com um saboroso jantar à luz de velas na própria casa ou comprando ingressos para assistir a um jogo do time favorito. Ou seja, cortejar o parceiro como era feito no passado e em pouco tempo as brasas do amor estarão vivas novamente no casamento.
·       Como Ser Mais Romântico

Melhorar a personalidade
O casamento é um relacionamento que é preciso pensar e planejar como um casal, mas isso não quer dizer que a personalidade de cada um tem de ser sufocada. No lugar de depender da companhia do outro o tempo inteiro é bom fazer planos com os amigos vez ou outra. Fazer um curso, escolher um hobby que expanda os horizontes mentais são ótimas opções. Desta forma o parceiro ficará aliviado por ter seu próprio espaço e tempo, mas com o passar do tempo ele se sentirá atraído pela nova personalidade. 

Quando um casal está satisfeito consigo mesmo reciprocamente a possibilidade é muito maior de aprender a como ter um casamento feliz.
Mudar a personalidade é possível?


Brigar justamente
Por mais que o casal seja compatível, ou seja, tenham vontades parecidas bem como o jeito de ser, isso não impede que as brigas surjam. Porém, para que uma briga qualquer não tome proporções maiores existe um segredo: brigar de forma justa, sem abusos. Por exemplo, não dizer frases que comecem a palavra Você como Você não me escuta. 

O ideal é verbalizar sobre a própria perspectiva, isso quer dizer que ao invés de proferir frases com o Você é melhor falar com Eu como Eu me sentiria mais amada se existem mais comunicação entre a gente. Generalizar nunca é a melhor opção. 

Palavras assim colocam o parceiro na defensiva e a conversa não chega a nenhum lugar. Mesmo que as queixas venham se acumulando a certo tempo é preferível que se evite trazendo questões que já passaram, afinal, elas não podem mais ser modificadas. A intenção é que os sentimentos e pensamentos sejam falados no presente com o parceiro. Aqueles jogos de culpa que remontam o tempo que se conheceram também devem ser esquecidos.


Tirar um tempo livre
Quando um casal se adapta a uma rotina fica muito difícil sair daquele padrão. São tantas questões a serem resolvidas no dia a dia como os compromissos profissionais, de casa e na escola dos filhos que o casal pode acreditar ser impossível tirar um tempo e energia apenas para os dois para que voltem a ser um par romântico. Neste caso, o melhor a ser efeito é dar um tempo aos dois.

Para o casal que têm filhos uma opção é chamar alguém para tomar conta das crianças para fazer uma viagem curta a dois. Ficar alguns dias longe do trabalho e da rotina da casa e do trabalho ajudam qualquer relacionamento. A questão é deixar todos os compromissos esquecidos por um tempo e aproveitarem a oportunidade para que um se aproxime do outro de forma que aprendam a ter um casamento mais feliz, cheio de harmonia para que se mantenha forte.


Não esquecer do básico
Quando um casal está namorando um trata o outro com respeito, consideração e gentileza. Com o tempo surgem as palavras duras e os gestos negativos que acabam se infiltrando na vida matrimonial e destruindo tudo o que foi construído aos poucos. 

Por causa desta rispidez o parceiro acabam buscando aquilo que não encontra mais em casa num estranho, mas porque não dedicar um pouco da própria bondade e gentileza com aquela pessoa que se conhece há tanto tempo? Isso é possível quando o primeiro passo é dado.

Uma forma de garantir isso é garantindo que todos os aspectos vividos na fase de namoro não saiam da relação. Desta forma, o casamento será muito mais feliz.