Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2016

Teoria do apego: a explicação científica para o amor?

Imagem
Teoria do apego: a explicação científica para o amor? A Psicologia estuda diversos aspectos do comportamento humano, passando por muitos estudiosos que buscam explicar algumas características peculiares na forma de agir das pessoas. É a maneira de algumas teorias se perpetuarem por muito tempo e serem consideradas clássicas, mas também é possível que sempre surjam outros estudos que tragam novas formas de estudar o comportamento humano. A Teoria do Apego faz parte de um estudo interdisciplinar que passa pelos campos psicológicos, evolutivos e etológicos. Esta teoria parte da descrição de alguns aspectos específicos nas relações humanas e também entre outros primatas. Em resumo, o estudo tem como principal afirmação o fato de que é fundamental a uma criança recém-nascida, desenvolver relacionamentos com seus cuidadores primários, ou com pelo menos um deles. Caso isso não aconteça, o desenvolvimento social e emocional deste recém-nascido pode ser prejudicado. ·

Será Melhor Pedir Divórcio? Medos e Dúvidas Sobre Separação...

Imagem
Será que devo me separar?      Nenhum psicólogo, psicanalista ou conselheiro quer incentivar um casal a se separar, porém existem casos em que os conflitos e prejuízos são tamanhos que tornam essa a solução mais adequada. Nesse artigo gostaria de falar sobre o fim do casamento e o que se deve considerar para se tomar essa decisão.       Como saber se o divórcio é a melhor solução? É praticamente impossível ter certeza de que um casamento não tem mais jeito, afinal de contas ao longo de qualquer vida conjugal acontecem inúmeros conflitos que são de alguma forma solucionado. Assim sendo, isso é difícil ter certeza se essa é apenas mais uma crise ou se é fim da união. O divórcio torna-se a saída mais evidente quando pelo menos um dos cônjuges passou a acreditar que não vale mais a pena investir no casamento. Cumplicidade é a capacidade do casal em se comunicar, fazer planos juntos e de se co-ajudarem. Sem cumplicidade homem e mulher podem até viver juntos, mas não são mais um

Hipnose: Entenda este fenômeno

Imagem
  Hipnose: saiba mais sobre esse estado mental A Hipnose se encontra dentro dos estudos da Psicologia e é uma das teorias que mais atrai curiosos. Muitas pessoas se perguntam se realmente existe a capacidade de conseguir hipnotizar alguém e de que maneira isso pode ser benéfico ou prejudicial ao ‘hipnotizado’. Desde seu surgimento, este tema tem sido estudado com exaustão buscando esclarecer os mitos e verdades relacionados. A Associação Americana de Psicologia define a Hipnose como um estado de consciência que foca a atenção e reduz a consciência periférica. Por consequência, o indivíduo possui maior capacidade de resposta a uma sugestão. Nas teorias de estado, ela é classificada como um estado mental e, nas teorias de não-estado como um tipo de comportamento. O indivíduo em hipnose é induzido através de um procedimento chamado indução hipnótica. Porém, antes disso, é comum sejam dadas instruções preliminares e também sugestões de como será feito o procedimento.