Ads (728x90)

.

Saia da sua zona de conforto:

        

Existe uma determinada situação ou condição na sua vida que você simplesmente detesta, pode estar diretamente relacionada a você (timidez, medo, ansiedade, sobrepeso, etc.) ou a realidade que te cerca (relacionamento infeliz, emprego ruim, família abusiva, etc.). Bem, talvez esse não seja o seu caso... pode ser que esteja percebendo que todos os seus amigos estão mudando de vida, que as pessoas que entraram junto com você no seu trabalho já trocaram de empresa ou foram promovidos ou então que entre seus amigos apenas você não tem uma relação séria.
 
         Por que isso está acontecendo?  Será que o universo não vai com a sua cara? É possível que sorte nunca lhe sorria? 

         A verdade é que toda mudança ou melhoria exige esforço e algum tipo de renuncia. Então eu te pergunto: será que está disposto a pagar esse preço ou prefere permanecer na sua zona de conforto?

O que é zona de conforto? Esse termo da Psicologia designa locais, padrões de comportamento e situações com os quais um sujeito esteja familiarizado e se sinta seguro em realizar ou permanecer. Na prática a zona de conforto pode ser identificada por coisas tais como:

·         O seu emprego que é ruim, porém garantido.
·         O relacionamento sem amor, no entanto melhor que estar sozinha(o).
·         Ter a vida vigiada pelos pais ou sogros, entretanto não precisar pagar aluguel.
·         Não declarar o seu interesse por alguém para não ser rejeitado.
         

        Qual é o problema com a zona de conforto?


        Se não estiver interessado em mudar de vida, solucionar problemas ou se caso não te incomodar viver na mesmice, então não há nada de errado em permanecer em sua zona de conforto. Apenas lembre-se da frase:

“Se você fizer sempre a mesma coisa terá sempre os mesmo resultados”

         Em outras palavras: não adianta reclamar da vida que tens se você não faz nada para mudá-la.

Como sair da zona de conforto?


Esteja motivado para mudar: a nossa mente funciona de maneira a economizar energia, sendo assim ela tende a evitar ações desgastantes das quais ela não perceba benefícios, a forma de modificar isso é focar nos benefícios que a mudança e o esforço irão trazer:
·         Ter paz na minha casa
·         Ser feliz de verdade
·         Poder fazer aquilo que eu quiser
·         Não sentir mais vergonha de mim mesma(o)

Lembre os malefícios de permanecer na sua zona de conforto: você sabe muito bem quais os problemas tens adquirido por se recusar sair de uma situação confortável.  O desejo de solucionar as suas dificuldades também funcionaram como forma de se motivar para mudar a sua forma de agir.

Lute contra o medo: O medo do desconhecido é inerente à raça humana, esse mesmo medo surge no momento em que você se propõe a fazer algo diferente do que está habituado A falta de coragem não pode controlar a sua vida.

Pare de perder tempo com o que não vale a pena: em grande parte dos casos a estagnação se deve ao fato de se perder muito tempo com diversões improdutivas tais como passar várias horas na frente da TV, jogando videogame, redes sociais e coisas do tipo. Não estou dizendo que você não deva se divertir, pelo contrário, a diversão é essencial para a saúde mental, porém isso não deve consumir todo o seu tempo. Perder tempo com coisas que não te dão retorno satisfatório também te impede de evoluir, emprego medíocre, namoro sem graça, etc.

Mude seus hábitos: Procure trocar seus hábitos nocivos e que consomem inutilmente o seu tempo por outros que sejam mais uteis e que lhe tragam algo de bom: estudar, fazer exercícios físicos, ler bons livros, etc.

Pratique auto-observação: saiba quem você é, quais são os seus sentimentos e desejos. Mantenha-se  fiel a si mesmo  evitando desviar-se dos seus sonhos vontades. 

Postar um comentário

Blogger