Ads (728x90)

.

Controlando pensamentos obsessivos

Falando de forma resumida obsessões são pensamentos indesejados, repentinos e repetitivos. Em geral eles surgem como preocupações, medos, pensamentos ruins ou negativos. Os temas mais comuns para as obsessões são:

·       Pessoas que se gosta irão se machucar ou morrer

·       Risco de contrair alguma doença ou transmitir alguma enfermidade as outras pessoas.

·       Acreditar que terá má sorte ou muito azar

·       Ter sido mal-educado ou grosseiro ou ter se portado mal com alguém ou em algum lugar.

·       Achar que as coisas estão erradas, desorganizadas ou fora do lugar.

·       Imaginar que algo ruim irá acontecer um incêndio, doença ou morte da própria pessoa ou um ente querido.

·       Ideias de conteúdo religioso ou místico (o mundo vai acabar ou cometi algum pecado)

Obsessões também podem surgir em forma de imagens, sons ou ideias:

·       Imagens violentas, com conteúdo sexual ou agressivo.
·       Músicas sons ou palavras intrusivas e repetitivas.

Estando claro o que são obsessões, vamos às dicas...

Atenção! Se os seus pensamentos ruins não se enquadram na explicação acima, leia o artigo: livre-se dos pensamentos negativos.


Você não está só

É possível que pense que apenas você tenha esse problema e por isso mesmo se ache boba(o) ou “sem noção”.

A verdade é que todo mundo se preocupa às vezes em contrair algum tipo de doença; achar que deixou a televisão ou o gás ligado; que alguém ficou bravo ou magoado com você etc.

Menciono isso por que sei que muitas pessoas que sofrem com pensamentos obsessivos e/ou TOC, não falam para ninguém sobre esse problema e sequer pensam em pedir ajuda a um profissional por achar que este irá considerá-la louca (o).


Seus pensamentos não se materializam

Não é por que você pensou em alguma coisa quer ela irá se tornar realidade, nem você e nem ninguém possui esse poder.

Pensar que algo de ruim aconteceu aos seus filhos ou a sua mãe não significa que eles ou ela realmente se machucaram.

Pare para refletir: Por que você acredita que somente coisas ruins vão acontecer? Pensar em ganhar na loteria não faz com que você ganhe, então por que pensar em algo ruim faria com que tal coisa acontecesse? 

Os pensamentos automáticos sofrem outros problemas de lógica como esse. Saiba mais lendo: O que são pensamentos automáticos?


Aprenda a controlar a ansiedade

A ansiedade amplia as nossas preocupações e embaralha os nossos pensamentos por isso é muito importante aprender a lidar com ela. No artigo: Como controlar a ansiedade eu passo algumas dicas para lidar com esse problema, entretanto existem muitos outros métodos para fazer isso, descubra o que funciona melhor para você.

     Se não conseguir controlar a ansiedade sozinho (a) procure por um psicólogo ou por médico (preferivelmente um psiquiatra).


Não tente parar os pensamentos!

Se eu lhe dissesse: Não pense em um elefante! Você imediatamente irá pensar em um elefante. Quanto mais nos esforçamos para evitar um pensamento mais pensamos nele.

Para fugir de um pensamento ruim, muitas pessoas recorrem a alguma atitude ou ação que lhes traga certo alívio. O grande problema é que esse alívio é momentâneo e logo passa a se ter dois problemas: os pensamentos obsessivos e os comportamentos compulsivos. A essa combinação damos o nome de Transtorno Obsessivo compulsivo (TOC)

A única maneira de se livrar de um pensamento obsessivo é desconstruindo-o, como pretendo descrever a seguir.
OBS: Se você já desenvolveu algum tipo de mania ou hábito compulsivo e não sabe como se livrar dele leia o artigo: Como se livrar de vícios e manias

                                                       
Será que isso pode realmente acontecer?

Quando você tem repetidas vezes o mesmo pensamento, você deixa de se perguntar se ele faz sentido e começa a acreditar neles cegamente. Isso acontece com as obsessões.

Para que um fato acorra é necessário que exista uma séria de coisas e situações que darão condições para que tal ocorrência seja possível, essas condições vêm em sequência, sendo que a falha de um acontecimento impede que o evento posterior a ele suceda, tornando assim impossível que o fenômeno final ocorra. A isso damos o nome de cadeia de eventos.

Criando uma cadeia de eventos: Um paciente se preocupava em esquecer a sua TV ligada, para ele se isso acontecesse a sua casa pegaria fogo. Ele compreendeu que para isso acontecer precisaria que:

1.  A TV ficasse ligada por muito tempo

2.  A TV superaquecesse (esquentar bastante)

3.  Os componentes eletrônicos superaquecidos perdessem a proteção (derreteriam a parte isolante)

4.  As partes condutoras deveriam se tocar

5.  Ocorrer um curto-circuito

6.  O curto-circuito gerar faíscas suficientes para inflamar algo

7.  A chama gerada ser suficiente para inflamar outra coisa maior.

8.  Daí então as chamas passariam para além da TV e iniciariam um incêndio


Qual a probabilidade de cada uma dessas etapas ocorrer?

Os pensamentos obsessivos e o TOC nos levam a acreditar que coisas ruins certamente irão acontecer. A realidade não é assim.

Observe cada uma das etapas da sua cadeia de eventos e pergunte a si mesmo: qual a probabilidade disso acontecer?

Para cada evento atribua um número de 1 a 100 sendo que: 1 representa quase impossível e 100 representa quase certo (nada é 100% garantido ou  totalmente impossível).


No exemplo dado acima ficou assim:

A TV ficar ligada por muito tempo (50)– apesar de verificar sempre antes de sair se a tevê está desligada, por alguma distração ou por pressa é possível se esquecer.

A TV superaquecer (20) – Os televisores são projetados para ficarem ligados por muito tempo, e possuem dissipadores de calor interno. Eles são protegidos contra superaquecimento, afinal eles são a principal forma de distração em lares de todo o mundo, e as pessoas costumam deixá-los ligados durante o período que estão acordadas.

Os componentes perdessem a proteção (20): Dentro dos aparelhos eletrônicos existem fusíveis ou relês que se desarmam quando a temperatura aumenta muito. A verdade é que apesar do paciente em questão se preocupar com um incêndio iniciado por sua televisão, os fabricantes de TV se preocupam mais ainda e fazem de tudo para evitá-los.

O mesmo processo deve ser feito com cada uma das etapas pensadas na cadeia de eventos. O ideal é que você busque conhecer mais sobre o que você ou o seu paciente teme. Se não conseguir fazer isso sozinho busque o apoio de alguém de sua confiança ou de um profissional (psicólogo).

Os pensamentos obsessivos e o TOC são muito difíceis de trabalhar e provavelmente irão te acompanhar pelo resto da sua vida, porém com o tratamento adequado e as atitudes corretas você pode ter uma vida perfeitamente normal. 

Postar um comentário

Blogger
  1. Boa tarde Dr.

    a 1 Ano, venho tendo problemas de Saúde ( gastrite, sinusite, diarreias, resfriados, dores no corpo e de cabeça ) em fim,
    através destes problemas, acredito que tenha adquirido algum tipo de problema psicológico, tipo ansiedade ou outros que me
    causam Tremedeira, falta de ar, tonteira, dor no peito e uma sensação de que estou com muito sono, com os olhos pesados.
    Todos os sintomas que sinto, sejam eles o mais comum que for, me dirijo até a internet para procurar uma possível causa,
    Por exemplo: Se sinto muita dor no Estômago, procuro na internet os possíveis motivos, lá eu Encontro, GASTRITE, ULCERA,
    QUEIMAÇÃO, AZIA, CÂNCER DENTRE VÁRIOS OUTROS,
    Mas infelizmente eu só foco no Câncer, só penso no pior, me da medo de morrer, começo a pensar na minha família vivendo sem
    mim, nas minhas filhas na minha esposa, eu choro enquanto penso nessas coisas em público e não consigo que esses pensamentos se afastem
    de mim, isso me gera outros problemas, dores em outros lugares, e então recomeça todo um ciclo que somado ao anterior piora
    ainda mais, e vai se tornando uma bola de neve, fico imaginando o dia em que vou acreditar estar com problemas em todos os meus
    órgãos e não ter solução.

    Tenho 23 anos e comecei a vida muito cedo, trabalho muuuuito pra sustentar 2 filhas e minha Esposa. saio de casa às 6h da
    manhã e Volto ás 21H da noite,
    existe alguma possível causa para este meu problema ?
    Isto já está prejudicando o meu casamento, a minha relação com as minhas filhas, meu trabalho e tudo que sempre foi muito
    agradável para mim !.

    Até que ponto eu preciso de ajuda ?
    A quem devo recorrer ?
    Até que ponto esses pensamentos podem me causar dores e outros sintomas ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todos os sintomas que você descreve podem ser causados por questões psicológicas e/ou emocionais, no entanto é necessário excluir a possibilidade de existir uma causa orgânica antes de concluir que o seu problema é psicológico, por essa razão procure um médico (preferencialmente um gastro) e não tente se autodiagnosticar pela internet isso só te deixa mais confuso e ansioso (o que pode piorar o seu problema).
      Você precisa de ajuda urgente por que isso lhe causa muito sofrimento (afinal está falando comigo) e por que existem três pessoas que contam com você.
      Como já disse procure um médico e faça os devidos exames, caso não encontrem nenhum problema, busque um psicólogo (a).

      Excluir
  2. Dr. César

    Estou passando por um momento muito difícil, não consigo controlar os meus pensamentos negativos. Começou no carnaval, fiquei várias noites sem dormir, lendo ou assistindo tv e só ia dormir pela manhã. O recesso terminou e tive que voltar ao trabalho, mas com o sistema biológico desestruturado, não dormia, amanhecia e u tinha que ir trabalhar.
    Juntando isso, meu namorado ficou desempregado, minha saúde não está boa e eu me sinto extremamente insegura em relação a ele.
    Juntou tudo e eu não consegui dormir, só com remédio. Durmo um pouco, mas não durmo totalmente e fico com dor de cabeça o dia todo, lembrando dos problemas e preocupada com tudo... Tive ansiedade também, dores no peito, vomitada tudo que comia e diarréia. Já marquei um psiquiatra e psicólogo, mas só tem pro dia 31 de março. O que devo fazer?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O momento em que está passando realmente contribui para isso. Faça os exercícios de relaxamento e distração quando estiver em crise, busque formas de controlar a sua ansiedade, na barra lateral do blog no link "Ansiedade" estão algumas matérias que falam sobre esse assunto. Isso vai ajudar até o dia da sua consulta.

      Excluir
  3. Dr., tenho exatamente esses pensamentos de que meus familiares vão sofrer algo, que vai acontecer alguma coisa, e até mesmo minha cachorrinha, na qual tenho muito amor...Hoje, por impulso, arrumei confusão por causa de um carro parado em frente a minha garagem, sou muito impulsiva , e agora fico na mente '' será que vão jogar veneno pra minha cachorra por vingança?'' Isso ta acontecendo também pq meu vizinho vai se mudar, e to com medo de mudar alguem que possa fazer mal pra ela ... eu passava na psicóloga, mas confundi o dia, e até agora ela não me arrumou mais uma vaga, tomo fluoxetina, mas está acabando, e pelo visto não adianta muito. Devo procurar outro tipo de ajuda? Além disso, tenho manias de ficar balançando o pescoço, e fazer barulhos com a garganta, como se tivesse dando um risinho , isso foram meus pais que perceberam, e me zoam por isso . Queria saber o que posso fazer, qual tipo de ajuda posso procurar. Desde já agradeço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Felizmente você resolver o seu problema, para isto basta procurar a ajuda adequada. O tratamento costuma ser feito por psicólogos e por vezes com parceria com psiquiatras. Então busque um profissional da sua região.

      Excluir
    2. Cezar, posso tirar uma duvida com voce?

      Excluir
  4. Boa tarde Dr. Há alguns anos eu tinha pensamentos obsessivos, imaginava-me matando minha família a facadas e tesouradas toda vez q pegava os utensílios nas mãos e por conta disso as vezes escondia-os com medo de causar tamanha atrocidade dormindo, visto q meu marido várias vezes me viu caminhando pela casa na madrugada. Esses pensamentos não eram tão frequentes, pois da mesma forma q eu sentia e guardava os objetos, me sentia protegida e aquilo passava. Logo após isso fui vítima da depressão e síndrome do pânico, fiz tratamento psiquiátrico e melhorei. Recentemente com problemas no trabalho voltei com o transtorno do pânico, voltei com o tratamento e saí do trabalho porque sabia q o problema voltou por causa do estresse em que eu vivia, filhos, casa e trabalho. Agora em casa e sem tratamento, porque ao melhorar e sem trabalhar, parei com o tratamento por conta própria e vinha me sentindo bem, com algumas recaídas mas nada grave. De uma semana p cá venho tendo pensamento obsessivos novamente, olho p minhas filhas e me vejo quebrando seus pescoços com as mãos e não tenho conseguido me livrar desses pensamentos e tenho sofrido com isso pois tenho uma família feliz e nenhum motivo p isso estar acontecendo agora. O fato de isto estar acontecendo me deixa bastante sem chão e acabo ficando perturbada sem conseguir me concentrar nas atividades diárias, Além do que não é algo em que eu possa me proteger escondendo objetos porque o objeto são minhas mãos. Penso q viverei sempre a beira da loucura desde pequena sofro com essas coisas. Quando pequena tinha uma gata e ela sofria nas minhas mãos porque eu sentia necessidade de machuca-la e depois acariciá-la pedindo perdão. Devo sofrer de algum tipo de insanidade grave? as vezes vejo notícias de mães q matam seus filhos por causa da depressão e fico pensando em mim. Devo procurar novamente ajuda médica? o q sinto é algo grave?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Vanessa! Você já leu esse artigo?
      http://www.psicologosp.com/2012/03/toc-e-mania.html (copei e cole na sua barra de navegação). Leia e veja se intensifica-se com isso. Sim o ideal é que você esteja sempre em acompanhamento médico (e psicológico) uma vez que o seu problema se trata de algo que necessita de tratamento constante. Isso não quer dizer ele seja pior do que os outros afinal a asma e caspa também precisão de tratamento constante.

      Excluir
    2. Vanessa, me identifico com você. Quando eu era pequena, às vezes me ocorria esse tipo de pensamento. Acordava durante a noite com o medo horrível de que pudesse machucar a minha família. Como não era constante, nunca me preocupei. Achava que era só os filmes de terror que eu assistia que me deixavam impressionada. Porém, recentemente, depois de episódios de ansiedade em que eu ficava com medo de passar mal em lugares públicos, esse tipo de pensamento voltou. Me livrei do medo de passar mal, mas penso em mim querendo me machucar ou machucar os outros. Isso me causa uma ansiedade maior. Eu procuro não evitar objetos, situações ou ambientes que me tragam esses pensamentos, porque isso só traria alívio imediato. Eu nunca deixei de sair, trabalhar e etc por causa disso. Mas eu queria poder me livrar deles, pois pra que isso? Eu sei que não machucaria nem uma joaninha. Seria interessante saber o que causa isso. Qualquer hora passo num psicólogo, se não melhorar.

      Excluir
  5. Comecei a namorar a poco tempo, meu primeiro namorado. com isso comecei a sonhar, a ter pensamentos ruins ou até imaginar que a gente vai terminar depois de um tempo, que ele vai se tornar um babaca comigo, algo que ele não é. Dai fico com medo, choro quase sempre e penso e penso nisso. Mesmo sem querer pensar. Fico super mal. Fico preocupada que isso pode prejudicar no meu relacionamento. Estou ficando loca, realmente preciso de ajuda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você provavelmente está emparelhando o seu relacionamento a outros que você presenciou (talvez o dos seus pais, irmãos, etc). Ninguém consegue fingir por muito tempo, e se o seu namorado tivesse algum traço de canalha você iria perceber, por via das dúvidas pergunte a mulheres de sua confiança o que pensam sobre o seu namorado, se as respostas delas forem positivas então comece a pensar em tirar os pensamentos ruins da sua cabeça, porém se elas disserem não gostar do rapaz então talvez seus pensamentos ruins sejam na verdade seu subconsciente te alertando de alguma verdade que está ignorando.

      Excluir
  6. Boa noite D.César gostaria muito de saber se estou ficando louco gostaria muito de algumas palavras sua para me ajudar bom de uns dias praca ando tendo pensamentos ruins com minha familia as vezes acho que vou perder o controle e fazer maldade aos meus filhos e fico penssando sera que estou com algum problema sera que o coisa ruim esta querendo entra na minha vida ae fico me corrigindo sera que fiz algo errado pq nunca fui a uma igreja mais amanha eu vou e isso vai passar esses pensamentos fica me corroendo não aguento mais só quero ser a pressão que sempre fui um bom pai um bom marido um homem de bem com a vida

    ResponderExcluir
  7. Olá DR. Tenho dificuldade em dormir fico horas vendo vídeo no celular, e escutando música já por exemplo não consegui dormir pois algumas músicas ficavam no minha cabeça eu queria dormir e não consiguia ficava se repetindo, repetindo, repetindo... tenho medo! Aconteceu uma vez mais foi rápido consegui conter, mais agora está demorando! O que pode ser, qdo sinto que não consigo controlar fico mal meu coração acelera fico tensa! Será que devo procurar ajuda médica, estou com medo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma música permanecer na cabeça por horas ou por dias é uma experiência comum e corriqueira para todas as pessoas. Do mesmo modo a taquicardia (coração acelerado) e a tensão ocorrem com todo mundo que está nervoso ou ansioso. Aprenda algumas técnicas de relaxamento e utilize-se delas antes de dormir e evite usar o celular duas hora antes de ir para cama.

      Excluir
  8. Olá dr. Bom eu tenho problemas pra dormir insônia, eu sempre fico até tarde assistindo vídeos, escutando músicas, e qdo resolvo dormir mesmo não estando com sono alguma música que escutei ou algum tipo de som não sai da minha cabeça e uma coisa que não consigo controlar fica repetindo, repetindo... Comeco a ficar ansiosa, coração disparado uma coisa ruim! Tive uma vez e consigui conter, agora na segunda vez tá mais difícil! Tenho medo de se tornar repetitivo e piorar! Durante o dia não tenho essas repetições... acontecem mais a noite na hora de dormir! O que faço, procuro logo ajuda médica ou tento esquecer e tentar controlar sozinha, me ajude!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Fernanda acredito que seja a mesma pessoa que não se identificou na pergunta anterior. Então leia a minha resposta e leia também estes artigos:
      http://www.psicologosp.com/2013/05/exercicios-de-relaxamento-e-distracao.html
      http://www.psicologosp.com/2012/02/para-dormir-bem-dicas-para-combater.html
      Copie e cole na sua barra de endereços

      Excluir
    2. Olá, boa tarde! Bem, tenho toc já diagnosticado e minhas neuroses sempre tem a ver com assuntos que considero imorais. ou coisas que eu não quero e tenho medo de fazer.. Vi umas umas terapias de auto regressão a vidas passadas no YouTube tube aí fiquei tentando fazer só pq não acho que isso seja correto, só que eu não consigo me concentrar para hipnotizar, fico com medo tensa, e nunca consegui, aí agora fico constantemente tentando, tentando sem um motivo, até pq nem acredito nessas coisas de vidas passadas. Doutor isso existe mesmo? E como eu posso melhorar essas compulsoes?

      Excluir
  9. Tenho pensamentos descontrolados,tenho 13 anos,sou muito agoniado com esses pensamentos,por exemplo ,eu penso o inverso do que realmente eu quero pensar,e acho que algo esta analisando os meus pensamentos,e so considera os inversos e que esses pensamentos vao ser construídos e se não agir eu vou ser banido de algo,e também alguns pensamentos em que eu não posso fugir,tipo pensei em algo,não tem mais mudança e saída,eu sou muito agoniado com isso,as vezes acho que eu vou explodir,tenho outros problemas pessoais,tipo eu não me enturmo,aqui em casa todas as pessoas descontam problemas em mim,ficam me despresando,não sei se isso interfere nesses pensamentos,sou muito ansioso,me ajudem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Davis! Acredito que você precisa de apoio maior e mais especializado, por isso procure pelo CAPSI ou CRAS da sua Região ou pelos órgão semelhantes. Na falta deles peça para falar com um médico da UBS do seu bairro.

      Excluir
  10. Olá Cesar! Adorei esse tratamento que você disponibiliza aqui sem cobrar nada, muito difícil hoje em dia....
    Gostaria de saber se existe algum outro site sobre os links: " como vencer os vícios e manias "; e "erros cognitivos ", por aqui não está abrindo, está dando erro. Confesso que tenho alguns pensamentos obsessivos.
    Obrigada e que Deus te abençoe!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá obrigado por me avisar sobre a falha dos links! O que acontece é que eu condensei três artigos em um único mais completo:
      http://www.psicologosp.com/2013/12/o-que-sao-pensamentos-automaticos.html (copie o link e cole em sua barra de endereços)
      O mesmo aconteceu com o artigo sobre vícios e manias:
      http://www.psicologosp.com/2012/07/como-se-livrar-de-um-vicio-ou-habito.html
      Espere que eles te ajudem! vou concertar essa falha.

      Excluir
  11. Olá DR tenho pensamentos ruim que alguém da minha família vai morrer ou amigo parente me dá uma agonia tão grande começo andar de madrugada pela saio pra fora NADA ta bom

    ResponderExcluir
  12. Olá DR tenho pensamentos ruim que alguém da minha família vai morrer ou amigo parente me dá uma agonia tão grande começo andar de madrugada pela saio pra fora NADA ta bom

    ResponderExcluir
  13. Tenho medo da morte FICO pensando em alguém da minha morrer começo andar pela casa de madrugada saio até na rua perco o sono me da UMA agonia tão grande NADA está bom

    ResponderExcluir
  14. Boa tarde Dr.
    Nunca procurei um profissional, mas tenho certeza que tenho Toc. Desde de criança tenho muito medo que aconteça algo de ruim com alguém da minha familia em especial com minha mãe. Comecei a gerar "manias" de dar três tosses, de contar até um certo número, de apertar minhas próprias mãos, cada uma dessas manias mudam conforme o tempo vai passando, mas somente as manias mudam os pensamentos sempre foram os mesmo. Este ano engravidei e durante minha gravidez tinha muito medo que acontece algo de ruim pois tenho uma prima que ganhou o bebe dela de 24 semanas, o bebe ficou 5 dias vivo e faleceu. Eu tinha muito medo que acontecesse isso também comigo e não é que aconteceu, ganhei meu filho de 24 semanas também, ele ficou 22 dias vivo e também faleceu. Isso foi em Setembro, ainda sofro muito com isso. Meu Toc piorou com este acontecimento porque era uma coisa que tinha muito medo que acontecesse e realmente aconteceu!

    ResponderExcluir
  15. Boa tarde Dr.
    Desde criança tenho Toc. Sempre tive muito medo que acontecesse algo de ruim com alguém da minha família em especial com minha mãe. Com esses pensamentos comecei a crias manias de tossir três vezes, contar até certo número, apertar minha mãos, com o passar do tempo essas manias iam sendo substituídas por outras. Este ano engravidei e tinha muito medo que acontece algo de ruim, pois tenho uma prima que ganhou o bebe dela com 24 semanas de gestação o bebe ficou 5 dias e faleceu. Passei minha gravidez toda com este medo e não é que aconteceu exatamente a mesma coisa que ela. Ganhei meu filho com 24 semanas ele ficou vivo 22 dias e faleceu agora em Outubro, ainda sofro muito com isso. Com este acontecimento meu Toc piorou muito pois tudo o que mais tinha medo aconteceu, agora não paro de pensar que vai acontecer alguma coisa muito ruim com minha mãe, estou ficando quase louca já!

    ResponderExcluir
  16. O TOC está muito ligado à incapacidade de tolerar altos níveis de ansiedade. Os rituais compulsivos são atos que visam diminuir esse desconforto. Se o indivíduo aprender a superá-lo, com certeza ele conseguirá controlar o TOC.

    Este artigo maravilhoso nos ensina como controlar o TOC através de 4 Passos simples: http://sostoc.com.br/pensamentos-toc/

    Vale a pena dar uma conferida.

    ResponderExcluir
  17. Oi meu nome e Tatiane...estou sofrendo de síndrome do pânico devido ao nível de ansiedade muito grande...já passei com psiquiatra e ele me deu remédios e passei muito mal..estou fazendo tratamento com florais...durante o dia ate q fico bem o problema e de noite q tenho insônia e quando acordo de manha já acordo com o coração acelerado falta de ar e suando frio e tendo uns pensamentos confusos..q vou enlouquecer q estou com tal coisa...e são pensamentos q sempre vem na minha cabeça pensamentos ruins...sera q e normal...obrigado

    ResponderExcluir
  18. Eu também tenho isso, mesmo não querendo tenho pensamentos incoerentes, absurdos e traiçoeiros, eu sofro muito com isso.

    ResponderExcluir