Ads (728x90)

.

Dicas e técnicas para perder a vergonha e o medo de falar em público

14 dicas para vencer o medo de falar em público

       Quem tem medo ou vergonha de falar na frente de outras pessoas faz de tudo para fugir dessas situações, porém existem momentos em que não dá para correr, como por exemplo, nas apresentações de trabalhos, seminários e TCC, tão comuns em escolas e na faculdade. Mesmo quem já está no mercado de trabalho sempre corre o risco de ter que mostrar os seus projetos para outras pessoas, por essa razão nenhum de nós está livre de falar em público. Sendo assim aqui vão quatorze dicas para você perder timidez ou medo de falar em público.
      ·       Dicas para vencer a timidez
      ·       Técnicas para perder a timidez


01: Deixe o passado para trás
        Para inúmeras pessoas a razão de sua vergonha ou medo de falar em público se deve á alguma experiência ruim que tiveram no passado. Muitas foram vítimas de chacotas durante uma apresentação ou quando tentaram falar algo na frente de  outras pessoas. Existem ainda aqueles que criaram um bloqueio de falar em público por terem visto um terceiro (em geral um amigo) ser humilhado ao falar em público. Com base nisso é compreensível o seu temor, porém não se pode passar o resto da vida com medo de algo que aconteceu no passado.

02: Acostume-se o local de apresentação      
       Quanto mais você conhecer o local no qual irá se apresentar menos intimidado irá se sentir. Mesmo que a apresentação seja na sua sala de aula ou em um auditório que você foi várias vezes, as coisas são diferentes quando se está na frente e não no fundo da sala. Por isso comece chegar um pouco mais cedo e fique um tempo exatamente no local aonde irá se apresentar, ainda que só seja possível fazer isso uma única vez  no dia  em que você irá se apresentar.


03: Não se preocupe com a sua aparência    
       Muitas pessoas se sentem intimidadas ao falar em público simplesmente por se acharem feias ou acreditarem que os outros irão ficar reparando em alguma característica física delas. O intrigante é que na maioria das vezes esse medo injustificável:

·                          Sou gordinho (a)
·                          Estou velho (a)
·                          Tenho orelhas de abano
·                          Sou baixinho (a)

         Você pode achar esses motivos bobos (e são mesmo), mas saiba que o seu também é, não importa como é a sua aparência e sim a qualidade de conteúdo que está passando. Se não fosse assim um aluno ganharia nota alta e aplausos dos demais só por ser bonito, mas isso não acontece. Entretanto muitos palestrantes são considerados feios e mesmo assim são pagos (muito bem pagos, aliás) para falar em público.
homem olhando para um microfone com cara de pavor

04: Trabalhe sua autoestima
Enquanto você não gostar de si mesmo (a) sempre se verá como alguém que os outros estão querendo criticar e humilhar. A verdade é que essa é sua opinião sobre si mesmo (a) e não é por isso que o resto do mundo concorda. É bem possível que apesar de você não se gostar, existirem muitas pessoas que te acham alguém inteligente e digno de ser ouvido.  Aprenda a se amar e afaste o fantasma de que seus semelhantes pensam mal de você.


05: Você não está sozinho
        Quem tem medo de falar em público em geral acredita que somente ele (a) sofre desse mal e por isso mesmo morre de vergonha desse problema (ou seja, tem vergonha de ter vergonha). Porém você não precisa sofrer por isso, o medo de falar em público é um dos mais comuns. Vale lembrar que as pessoas preferem morrer a ter que falar diante de muitas pessoas e isso não força de expressão, uma pesquisa mostrou que as maiorias de nós, humanos, têm mais medo de falar em público do que de morrer.
        Por essa razão saiba que as pessoas irão se solidarizar com você se elas perceberem que está com medo ou vergonha de falar e não te criticar por isso.

06: Vença a ansiedade
        Toda a vez que você fica diante do público, começa a gaguejar, a suar frio, o coração acelera e você esquece o que ia dizer? Por mais que você ache tudo isso incrível são simplesmente sintomas de uma crise ansiedade, a mesma coisa acontece com noivos no dia do casamento, com formandos antes de pegar o canudo e diversos outros casos. Algumas medidas que você pode tomar são:
·        Parar de tomar café, chá preto e Coca-Cola na semana da sua apresentação.
·        Procurar dormir mais e melhor durante essa semana
·        Tomar chás com características calmantes durante pelo menos uma semana
·        Realizar exercícios de relaxamento 20 minutos antes da apresentação

07: Não fique imaginando coisas
        A causa para o seu medo ou vergonha de falar em público está na sua cabeça. Isso mesmo! São as suas fantasias sobre o que pode dar errado que te deixam ansioso e cheio de receio em falar na frente das outras pessoas. Então pare de ficar tentando adivinhar o futuro ou saber o que os outros estão pensando, você não tem esse poder. Você não tem como saber se as pessoas vão gostam ou não da sua apresentação antes que ela aconteça! Não tem como saber se vai ir bem ou mal. Invés de ficar preocupado com isso concentre-se em fazer o melhor que está ao seu alcance.

08: Evite ficar pensando em coisas ruins
      Sabe o que irá acontecer caso você esqueça tudo o ia falar, começar a gaguejar, ficar vermelho, dizer algo errado ou coisa do tipo? N.A.D.A! O medo ou aversão de falar em público é algo tão comum e natural que as pessoas entendem muito bem se alguém fica nervoso e trava na frente de todo mundo. Você não irá perder nota, não vai virar motivo de piada ou algo assim, em geral o público se solidariza com a pessoa que fica nervosa na frente dos outros, por que isso é natural. Agora falar bem diante de uma plateia é considerado um dom. Ou seja, vai ser como um goleiro defendendo um pênalti, se perder, é natural se defender é um herói. 

09: Trabalhe a sua autoconfiança
        Quando você conseguir confiar em si mesmo ao invés de necessitar da aprovação dos outros estará finalmente liberto do seu medo ou vergonha de falar em público. No entanto autoconfiança é algo que só conquista aqueles que tiveram coragem de enfrentar os seus temores.

10. Não transforme o público em monstro
        Pessoas que tem medo de falar em público criam a fantasia de que se caso o auditório não goste dele irão vaiá-lo, ridicularizá-lo ou coisa do tipo. Isso é uma ilusão da sua mente, quando o público não gosta de uma apresentação o que costuma fazer é não prestar atenção, dormir, conversar, mexer em seus celulares ou coisa do tipo, mas não hostilizá-lo.
        O público em geral tende a querer apoiar o palestrante que se mostra nervoso e inseguro, fazem isso rindo de suas piadas (mesmo quando são sem graça) e aplaudindo (mesmo quando a apresentação foi fraca). Essa é uma tendência humana comum, é como quando torcemos por um lutador que está apanhando ou um time que não ganha há anos.

11. Use a tecnologia ao seu favor       
        Normalmente se tem total liberdade para fazer as suas apresentações, nesse caso por que não usar a tecnologia para facilitar a sua vida?
        Fazer uma apresentação em PowerPoint com imagens interessantes e chamativas irá fazer com que os presentes não olhem tanto para você, te ajudando a relaxar, além disso, nesse tipo de apresentação é possível colocar tópicos da sua fala o que vai te salvar de um possível branco.
        Encontrar um vídeo interessante sobre o tema que você vai apresentar te poupa (pelo menos alguns minutos) de falar em público, caso não encontre um vídeo assim você mesmo pode produzi-lo usando o Windows Movie Maker ou o que a sua criatividade puder proporcionar.

12. Tenha bom humor 
        Rir é o melhor jeito de se livrar da tensão e do nervosismo, quando se faz uma pessoa rir ela automaticamente passa a simpatizar mais em você. E assim que você perceber que as pessoas estão rindo com você (ao invés de rir da sua cara) vai começar a se sentir mais confiante.

        Como se faz isso? Se perceber algo engraçado enquanto estiver pesquisando: um trocadilho, um fato engraçado, algo que a pesquisa te lembrou, precisa ser algo rápido que não ocupe muitas palavras e precisa ser pelo menos “engraçadinho” e fácil de entender.

Atenção! Antes de utilizar esse recurso com o público experimente fazer a sua piadinha com alguém da sua confiança se ele ou ela não rir então desista...

13. Não se cobre tanto
        Mesmo os palestrantes profissionais erram, tem branco e gaguejam ás vezes, imagine então você que já tem medo de falar em público? Ninguém irá exigir de você uma oratória impecável, a sua única responsabilidade é falar de modo que as pessoas entendam razoavelmente, então não fique com medo de errar ou falar alguma bobagem, isso acontece o tempo todo.

14. Resolva os seus problemas de timidez         
      O medo de falar em público é em geral apenas um dos traços da dificuldade de compreender e se relacionar com as outras pessoas, ou seja, você tem tanto medo de falar em público por que você sofre de algum nível de timidez, é provável que existam outras situações nas quais você se sinta inibido (a) de falar com alguém ou expressar as suas ideias. Adquira o curso livre-se da timidez e resolva esse problema ou procure por um psicólogo ou curso na sua região.

5 Técnicas para vencer a timidez ou medo de falar em público

Técnica 1: Aproximação sucessiva.
        O que é aproximação sucessiva? É uma técnica da Psicologia Cognitiva que propõe aproximar pouco a pouco a pessoa do seu medo.
Trata-se de um treino onde o indivíduo é habilitado para encarar gradativamente aquilo que teme. Para que ele seja eficiente é necessário que um psicólogo faça exercícios criados exclusivamente para você. O que irei mostrar aqui é um treino genérico.
  
Atenção: Ao realizar esses exercícios você provavelmente irá se sentir triste e decepcionado com si mesmo, pela sua voz e pela sua aparência. Isso ocorre por estar sofrendo de baixa autoestima e por ter uma crítica pessoal muito forte. Depois de repetir várias vezes esses exercícios irá notar que o seu autoconceito vai mudando aos poucos.

Etapa 1: O gravador
         Vamos começar treinando a voz, para isso será necessário algum tipo de gravador, pode ser um aplicativo do seu celular.
    
Crie um discurso sobre algo que você domine ou pegue a sua parte da apresentação que irá fazer (escola, faculdade, trabalho etc.).  Decore tudo o que você acredita que é importante apresentar. Coloque em um papel de maneira sequencial, apresentado as ideias de uma forma cronológica, primeiro os fatos mais simples e depois os mais complicados.

        Quando sentir que está pronto, grave a sua voz como se estive diante do público. Lembre-se:

·       Fale com a cabeça erguida e a coluna ereta
·       Encha os pulmões de ar fale em voz alta
·      Exponha as suas falas como se estivesse explicando para uma pessoa que você respeite e goste (sua mãe, pai, avós, professores...)
·       Dê preferência as palavras simples que você já tenha o hábito de usar.
·       Fale com o máximo de convicção que puder

Quando terminar o seu discurso pare a gravação e ouça para ver como ficou (ouça até o final), se estiver baixo e ruim de escutar é sinal que você precisa falar mais alto. Se achar que alguma coisa ficou estranha ou difícil de entender modifique. Repita esse processo por pelo menos 12 vezes antes de pular para a próxima etapa.

Etapa 2: Diante do espelho
     Nesse ponto iremos treinar a sua postura e aparência diante do público, para isso iremos precisar de um espelho no qual você possa se ver de pés à cabeça. Repita mais uma vez o seu discurso enquanto se olha no espelho. Não se esqueça:
·       Coloque uma roupa apresentável, algo que te deixe mais bonito (a)
·      Cuide sua aparência geral: arrume os cabelos, lave o rosto use alguma maquiagem (se for mulher ou não se incomodar em fazer isso)
·  Fique com a coluna ereta e cabeça levantada (feito um sargento treinando os recrutas)
·   Mantenha os pés ligeiramente afastados de maneira que permaneça perfeitamente equilibrado.
·     Experimente usar as mãos para transmitir conceitos e ideias, se não puder fazer isso evite mexê-la de maneira brusca ou repetitiva.

      Fale o seu discurso completo sem pausa, caso erre algum ponto, improvise o concerto como se estivesse realmente se apresentando para a sua turma, mantenha se firme olhando no espelho enquanto fala. Faça isso sem desviar o olhar do espelho.  Faça esse exercício por pelo menos 10 vezes até passar para a próxima etapa

Etapa 2.1: Filmando
        Se você tiver acesso a uma filmadora, ainda a que seja a do seu celular ou computador, repita o exercício anterior filmando a sua apresentação. Pare assista o que viu, e grave novamente corrigindo o que não gostou. Se for não conseguir uma filmadora então pule essa sub-etapa.


Etapa 3: Falando com alguém de sua confiança
        Depois de sua apresentação ter atingindo o ponto no qual você considera boa é hora de se apresentar para o primeiro público, no caso aqui esse é um público reduzido constituído de uma única pessoa de sua confiança que pode ser sua mãe, pai melhor amigo (a), namorado (a) etc.

 Etapa 4: Um pequeno grupo        
Repita a sua apresentação para um grupo pequeno de pessoas, pode ser a sua família ou os outros membros do seu grupo de seminário ou de trabalho. Não importa basta que essas pessoas estejam dispostas a te ouvir.
Dica!! Se não for o caso de você ter que se apresentar para a escola, faculdade ou trabalho (se está simplesmente tentando vencer a timidez) experimente fazer um comentário humorado sobre o tema. Siga o mesmo processo até conseguir fazer isso é um grupo razoável de pessoas.

Público aplaudindo


Técnicas evasivas para perder o medo de falar em público 
       Se você é tímido ou tem vergonha de falar em público e precisa fazer uma apresentação seja para a escola, faculdade ou trabalho e não tem tempo hábil para resolver de vez esse problema as técnicas que eu irei passar podem ser a sua solução. Nenhuma delas vai curar o seu medo, o que elas podem fazer e te ajudar a não travar ou virar um pimentão enquanto estiver falando na frente de todo mundo:

OBS: Para os especialistas em oratória as técnicas descritas a seguir dificultam que você ganhe a empatia do público e impedem que você se torne um verdadeiro palestrante ou orador. Se sua intenção é apenas ganhar nota tudo bem, mas se precisa convencer alguém ou vender um produto faça um curso de oratória.

Técnica 2: A plateia nua
      Essa é bem famosa e polêmica, mas ainda assim ela funciona justamente por apelar a um dos nossos instintos mais básicos

Como fazer: imagine que todas as pessoas que estão te assistindo estão nuas, imagine como são os seus corpos tomando por base os seus rostos e contornos da roupa. Faça isso enquanto estiver fazendo a sua apresentação e mantendo o seu foco nela.

Técnica 3: Olhar amigo      
      Essa técnica é simples e intuitiva, costuma a dar certo para o tímido e para aqueles que têm medo e vergonha de falar em público.
Como fazer: Busque na plateia alguém que pareça estar simpatizando com você, alguém que te dê um olha amistoso, pode ser realmente um amigo seu ou alguém conhecido (na verdade é até melhor) enquanto estiver discursado olhe para essa pessoa e fale com se fosse para ela. O ideal é encontrar vários rostos amigos e ir alternando entre eles. Você pode pedir para que os seus amigos se sentem em locais diferentes durante a apresentação e fazer isso.

Técnica 4: A caneta
     Essa eu já percebi sendo feita por alguns palestrantes, ainda que de forma inconsciente.
Como fazer: segure uma caneta em suas mãos enquanto estiver se apresentando. Durante a sua fala gire a caneta na mão, entre os dedos, passe de uma mão para outra.

Técnica 5: A quarta parede
          É um conceito vindo do teatro e nele possui grande profundidade filosófica e conceitual, porém não iremos entrar nessas questões. Interessa-nos apenas vencer a timidez diante do público.
Como fazer: Em geral durante uma apresentação haverá uma parede atrás de você, uma segunda a sua direita e uma terceira a sua esquerda a técnica aqui é imaginar uma última parede (a quarta) entre você e o público, de modo que em sua mente você esteja só em seu quarto sem precisar se preocupar com a opinião e outras influências dos espectadores.
Esses exercícios são bem efetivos para casos leves de medo de falar em público. Caso você sinta que eles não estão te ajudando, procure por um psicólogo. Cursos de oratória e cursos específicos para esse medo se mostram bastante efetivos. 

Uma última palavra
     O que torna um medo algo realmente assustador é muito mais a fantasia do que a realidade. No caso do medo de falar em público quem possui esse temor acredita que as pessoas vão reagir de maneira muito mais negativa do que qualquer público reage na vida real. Para ser sincero, quando nota que o orador está nervoso, o público costuma se mostrar mais receptivo e até apoia-lo.  Se você não é um palestrante profissional, desses que ganham muito bem por cada apresentação, o público não vai exigir que você haja como tal. Vão entender se você gaguejar, ficar vermelho ou se perder um pouco. Mesmo a banca examinadora de TCC não está preocupada com o seu talento como palestrante, mas sim com o quanto você compreendeu o tema ao qual estudou.