Ads (728x90)

.

Como aumentar a autoestima: 18 dicas para melhorar a autoestima 

        Quando uma pessoa não gosta de si mesma imediatamente ela imagina que as outras pessoas também não podem gostar dela e por essa razão passa preferir se esconder e evitar contato com os seus semelhantes. A baixa autoestima é em muitos casos a principal causa para timidez, ciúme, ansiedade, depressão entre outros inúmeros problemas emocionais e psicológicos.Pessoas com uma autoestima ruim tendem a acreditar que não merecem as coisas boas que a vida tem a oferecer e por essa razão elas sofrem mais e tem mais problemas do que o restante da população. Nesse artigo irei dar algumas dicas e instruções sobre como melhorar a sua autoestima, trabalhar o amor próprio e desse maneira ter mais qualidade de vida.

01: Descubra a causa da sua baixa autoestima
        Quando questionado sobre o motivo pelo qual não se gosta, aqueles que possuem baixa autoestima costumam alegar que não sabem bem o motivo ou dão respostas muito genéricas e imprecisas do tipo:
·        Eu sou feio (a)
·        Sou chato (a)
·        Sou burro (a)

         A baixa autoestima tem sempre uma razão bem clara e definida, porém você prefere esconde-la até de si mesmo, dentro do seu inconsciente. Contudo se esse motivo for trazido para fora poderemos analisá-lo e verificar se ele tem sentido ou não e se é possível resolve-lo:

Me acho feio por possuir uma característica física que eu não gosto. – Não será possível fazer um tratamento específico para isso? Onde encontrar esse tratamento? Quanto custa? Como conseguir essa quantia? É possível fazê-lo gratuitamente ou a preço de custo no SUS, ONG ou por uma Clínica escola de alguma faculdade?

        Me acho chato por não ter assunto para conversar com as pessoas – Existem livros, curso ou sites que ensinem como conversar com as pessoas? E se eu me mantiver informado sobre os assuntos do momento terei mais sobre o que conversar? Não existem pessoas que compartilham os mesmos interesses que eu?

Me sinto burro por não entender sobre as coisas que meus amigos falam – Já leu os livros, assistiu aos filmes e escutou as musicas que eles gostam? Se tiver acesso às mesmas informações que eles tiveram certamente conseguirá entendê-los melhor.



02 Conhece a ti mesmo
      A frase cunhada no oráculo de Delfos apesar de tão desgastada nos livros de autoajuda, não deixa de ser de grande importância. Quanto mais você se conhecer, mais irá se amar ou como eu escrevi no outro artigo: Como se pode gostar daquilo que não se conhece? A pergunta que surge nesse ponto é “O que eu faço para me conhecer?”. A análise feita com um psicoterapeuta competente é o que a ciência garante como procedimento eficaz para o autoconhecimento, mas mesmo de posse de posse desse poderoso artifício, você não vai escapar da difícil tarefa de olhar para si mesmo e com sinceridade se questionar sobre cada ato faz e cada pensamento que fizer.


 03: Aceite os seus defeitos
         Quando digo “aceite os seus defeitos” estou querendo dizer que você não deve ficar fingindo que eles não existem como a pessoa que sabe que está acima do peso e por conta disso foge dos encontros com a balança e com o espelho. Afinal você não pode se enganar por muito tempo.
      Aceitar os seus defeitos também quer dizer que você não deve transformar as suas imperfeições em algo pior do que elas realmente são. Não é “o fim do mundo” ser gordinho, ter espinhas ou possuir qualquer característica negativa que você imaginar.

Leia também:
·        Melhore sua autoconfiança

04: Respeite-se
       É natural querer compensar os seus defeitos com alguma coisa boa e tentando ser uma pessoa mais agradável. O problema é quando você deixa de ser gente fina e passa a ser capacho dos outros. Tornar-se muito submisso faz com que seus pares percam o respeito por você e comecem a te tratar mal, consequentemente isso rebaixa a sua autoestima. Boa vontade e altruísmo têm limites quando perceber que aquele a qual está ajudando começou a abusar diga NÃO!

05: Esqueça o passado
        Quase sempre a baixa autoestima tem a sua origem em algum lugar do passado longínquo. Nas palavras duras e impensadas ditas pelos nossos pais e professores ou pelas gozações feitas por outras crianças.

        Pare e pense: faz algum sentido passar o resto da vida acreditando que pessoas dominadas pela raiva ou que um bando de fedelhos mal criados tem razão em alguma coisa?

        Compreenda agora que você cresceu e já não é mesma pessoa, não é mais aquela criança “esquisita” ou aquele adolescente desajeitado, portanto não há razões para você agir como se ainda fosse.

06: Ressignifique o que foi dito por seus pais
As palavras ditas pelos nossos pais enquanto ainda somos crianças acabam por refletir sobre nós por toda a vida adulta. Coisas como:
·        “Você não presta atenção no que faz?”
·        “Nove? Por que não tirou dez?” (vários pacientes me relataram essa).
·        “Você nunca vai ser nada na vida”
·        “Você nunca faz nada direito!”
·        “Por que você não é como o seu irmão” (irmão pode ser substituído aqui por primo, amigo vizinho, irmã etc.).

Esse tipo de fala realmente pesa na autoestima de alguém. Porém, por que dar tanto valor a coisas ditas por pessoas que estavam tomadas pela raiva ou pela ignorância? Talvez você fosse realmente um pouco desligado ou não se esforçasse tanto na infância e adolescência, mas isso são características da idade. Seu pai e sua mãe podem ser importantes, mas eles não sabem quem você é ou qual será o seu destino. Só você sabe quem você é e apenas você pode escrever o seu futuro.

07: Faça bem as suas tarefas
           A autoestima não está relacionada apenas a quem se é, mas também ao que se faz, ou seja, ainda que você não seja a mulher mais bonita do mundo ou o homem mais cobiçado do planeta, se souber que é um bom profissional seu amor próprio irá para as alturas.

         Assim a garota que sempre se achou feia conquista a sua autoestima recebendo muitos elogios de pais e superiores por ser uma excelente professora.  Do mesmo modo o rapaz que sempre se viu como um zero a esquerda ganha amor próprio por descobrir que é o melhor eletricista da empresa na qual trabalha.

       Claro que isso não se resume a trabalho: ser um bom eskatista, o melhor aluno da sala o neto mais amado, tudo isso contribui para que você compreenda que possui muito valor.

08: Valorize o que você faz
        Não espere apenas que as outras pessoas gostem dos seus feitos e valorizem os seus talentos, é necessário que você aprecie aquilo que faz. Isso é bem mais fácil do que gostar de si mesmo e facilita (e muito) o processo de melhorar a autoestima.

09: Faça trabalhos voluntários e boas ações
        Nada faz tão bem ao ego quanto o agradecimento sincero de uma pessoa que realmente precisava da nossa ajuda.  Pessoas que fazem trabalhos voluntários acabam por melhorar a forma como se veem e como percebem o mundo ao seu redor, sendo útil ao seu semelhante é impossível que você não se goste mais.


10: Esqueça–se das revistas de moda, programas femininos e de “saúde”. 
       O mercado vive da insatisfação, isso se deve ao fato de as pessoas insatisfeitas consumirem mais. Dessa forma o melhor jeito de fazer as pessoas comprarem mais (coisas que elas não precisam), é falando que elas são feias e infelizes. É por isso que as revistas, programas de TV e comerciais são cheias de pessoas lindas e corpos que a maioria das nós nunca conseguirá ter. Já reparou quantas mulheres saradas aparecem na televisão? Ao contrario do que você pensa, elas não estão lá para fazerem os homens babar, elas estão lá para fazer as mulheres acreditarem que isso que os homens desejam.

     Nos mesmos programas cheios de mulheres “desejadas" são vendidos shakes emagrecedores e calças que prometem levantar o bumbum. Por que será?

11: Aprenda a se mostrar
         Existe algo de extremamente intrigante na autoestima, quanto mais as outras pessoas gostam de você mais autoestima você passa a ter. Todo mundo quer ser admirado e não há nada de errado nisso, mas para ser admirado é necessário que as outras pessoas conheçam você e o seu trabalho. Não esconda os seus talentos e nem os seus atributos (inclusive os físicos) se existe algo de bom em você deixe que os outros saibam disso.

12: Valorize a sua opinião
Se você gosta de uma coisa essa coisa é boa, não importa o que os outros digam. Seja a roupa que você veste, o corte de cabelo que usa ou a musica que escuta. Os seus gostos e opiniões são parte integrante do seu ego, quando você simplesmente sai concordando ou baixando a cabeça para todos que dizem que as coisas que você gosta não prestam, você está simplesmente aceitando que digam que você não presta. Defenda as coisas e as pessoas de que gosta.

13 Cuide de si mesmo
Como diz o ditado “quem ama cuida” e poderíamos acrescentar: quanto mais se cuida mais se ama. Uma forma inegável e extremamente eficaz de se aumentar a autoestima e cuidando de sua aparência física 

Não! Se preocupar com a sua aparência não é sinônimo de ser superficial, cuidar da própria aparência é cultivar o respeito e amor próprio. Superficial é quem acredita que é melhor que o outro por motivos fúteis, Seja por se achar mais bonito ou por acreditar que é mais inteligente ou mais “profundo”.

     Talvez a sua alegação para não cuidar de sua aparência é a falta de dinheiro. Pense comigo: Quanto dinheiro você tem gastado com coisas menos importantes que o seu bem estar? Porém, se está realmente faltando dinheiro para você, talvez seja a hora de fazer algo a respeito, arrumar um emprego, conseguir um emprego melhor ou quem sabe uma fonte de renda extra (emprego de final de semana ou nas horas vagas). O que não deve acontecer é você não se cuidar.

14: Entenda melhor o outro
        Não é apenas você que deseja ser mais admirado e que por vezes acredita que as outras pessoas o menosprezam ou não respeitam, todo mundo se sente assim hora ou outra. Quando pensar nisso lembre-se de procurar fazer com que as outras pessoas se sintam amadas, se for capaz de fazer com o outro se sinta bem irá ser uma das pessoas mais bem quistas do seu grupo e consequentemente sua autoestima irá se elevar.

15: Não espere que o outro de mostre o valor que você tem
        É necessário entender também que as pessoas estão muito mais preocupadas com as próprias necessidades e anseios do que com os outros. Por essa razão não dá para esperar que elas reconheçam as suas qualidades. Na verdade é muito mais fácil para elas observarem suas falhas e defeitos, pois isso afeta diretamente as necessidades delas, por exemplo, se reclama que fulano é lerdo por que esse fulano demora em fazer aquilo que queremos.

       Quer alguém  que te ame e mostre que você é a pessoa mais importante do mundo? Esse alguém é você mesmo! E isso não é demagogia é a pura realidade, à medida que o seu autorrespeito e amor próprio aumentarem as outras pessoas te respeitarão e gostarão mais de você.

Leia ainda:
·        Como vencer a timidez

16: Esqueça a beleza estereotipada
Você não precisa ser loira (o) de olhos azuis e corpo construído na academia para ser considerada (o) bonita (o) ou atraente. Existem diversos tipos de gostos e formas de beleza e você não precisa se enquadrar no padrão de beleza vigente.

         A ideia do padrão de beleza é sempre colocar nas pessoas a ideia de que elas não são bonitas e precisam fazer algo para mudar, por exemplo, nos estados unidos, local onde a maior parte da população está acima do peso o padrão do que é belo é a magreza, no Brasil onde a maior parte da população é morena ou negra considera-se belo as pessoas com traços europeus, o intrigante é que os europeus consideram os brasileiros um dos povos mais bonitos do mundo. Entendeu? A ideia da mídia ao estabelecer padrões de beleza é te deixar insatisfeito (a) com si mesmo (a) e te obrigar a comprar algo para se adequar aos padrões estabelecidos.
  
 17: Aceite elogios
        Você é do tipo de pessoa que ao receber um elogio responde algo do tipo: “impressão sua”, “bondade da sua parte” “você está exagerado” ou qualquer outra expressão de modéstia? Pare de fazer isso agora, a primeira razão é que um elogio é um presente e rejeitá-los é uma tremenda falta de educação, porém a razão mais importante é que ao aceitar os elogios você está admitido para si mesmo que possui qualidade admiráveis. Tal ato com toda certeza contribui para o aumento da sua autoestima, sendo assim a partir de agora quando alguém lhe elogiar a única coisa que você irá dizer é: “Muito Obrigado!”

18: Tire a mascara de coitadinho
Não acreditar em si mesmo ou ter uma baixa autoestima é uma situação cômoda. Você não precisa fazer muito esforço e nem se propor a nada, afinal não vai dar certo mesmo (na sua mente). Quero com isso questionar se não está sendo bom para você se manter como coitadinho, deixando que os outros façam as coisas por você ou se mantendo invisível na sua insignificância. A vida é breve, e você não vai querer chegar à velhice sem ter feito nada de importante ou relevante por isso mexa-se! 

Postar um comentário

Blogger
  1. isso foi maravilhoso ,atenciosamente agradeço ,pela ajuda das palavras que despertou

    ResponderExcluir
  2. Eu já sei porque que tenho baixa autoestima .... É porque o meu pai me compara com a minha irmã.... Ele diz ... A Denise tirá notas muito altas tens que ser como ela só tirá 20/20.....e eu tiro 18 19 ..uma vez o meu prof me perguntou ...porquê não gostaste do .19 e eu disse ... Não sei. A e o meu pai diz Cintia não fica m no sol tens que continuar a ser mulata ....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa constante comparação entre irmãos (e até amigos) influencia muito na questão da baixa estima. Você deve se lembrar que é uma pessoas diferente da sua irmã e não precisa tirar notas iguais as dela e nada assim. Seu pai te ama e quer que você seja feliz, ele só não sabe como agir. Esqueça as comparações e seja você mesma se possível fale para o seu pai o quanto essas comparações te incomodam...

      Excluir
    2. Preciso muito mudar, preciso me amar em primeiro lugar e isso esta sendo muito difícil, tudo que faço fico com insegurança acho que não esta bom e sempre tenho que perguntar as pessoas para ter certeza.Meu relacionamento esta tendo muitas brigas devido meus ciumes, sempre vou nos lugares com meu namorado e já fico pensando quem pode estar lá que é mais bonita que eu, e que meu namorado vai olhar, devido a isso nem curto as festas só pra ficar olhando pra onde ela esta olhando.Quero muito mudar não aguento mais viver com esse sentimento, as pessoas falam que sou bonita mais não adianta não consigo ver isso. E com tudo isso meu namorado se acha e pra completar ajuda me colocar mais la pra baixo.O que posso fazer para acabar com esse sentimento, que não deixa ser feliz? obrigada!

      Excluir
    3. Provavelmente existem inúmeros conflitos internos em você, muitas crenças de desvaloração que precisam ser modificadas. Isso não é um trabalho rápido e nem fácil, por isso o ideal é procurar um (a) psicólogo (a)...

      Excluir
  3. Nossa Cesar, como eu precisava ler essas coisas. Parabens pelo otimo trabalho!!
    Mas sinto que ainda preciso de ajuda profissional.

    Vc tem alguma dica a me dar para eu nao mais, me diminuir perante alguem que eu acredito ser mais bonito do que eu?? Eu chego a me esconder delas e evitar longos contatos, o que em muitas vezes, me deixa antissocial.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca li nada sobre esse problema em específico. Quando você diz "mais bonito" me faz entender que você se acha bonito e não suporta a competição entendi errado? Me explique melhor. Se for isso mesmo vou ter que pesquisar mais antes de te dar uma resposta.

      Excluir
  4. nossa eu nao fiz nada na vida por causa de timidez mim sinto feio nao saia quas de casa ate minha namorada mim deixou por causa disso nem trabalhar eu trabalhava comecei tira meu documentos agora e vou volta a escola tenho 29 anos mim sinto feio mas vou tira isso de mim por quer no futuro eu vou sofrer sem estudos como vou arrumar um emprego nao quero ser lixeiro nao mas nao tenho preconceito nao minha mae vai morre um dia quem vai mm sustentar em em pensar em voce por quer voce quer vai vencer com isso fe em deus olhar que tou de baixa estimar teclando isso mas criei coragem e forca pra surperagem pra isso,se eu mim expressei mal ai descupar um abraco a todos...ass:marcos paulo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você tinha uma namorada então não é tão feio assim! o que você deve ter é um péssima autoestima, tente mudar isso. Fico feliz em ter ajudado pelo menos um pouco. Sucesso na retomada da sua vida!!!

      Excluir
  5. Parabéns pelo seu blog, acho que deveria ser visitado por mais pessoas, pois com certeza iria ajudar bastante aqueles que se sentem menos merecedores de vitória, pois somos todos iguais perante o direito de ser feliz, pois esse na minha opinião é o verdadeiro sentido da vida! - Valeu e um grande abraço!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O blog ainda é novo, tenho certeza que com o tempo ele vai atingir mais pessoas. Entretanto já me deixa muito feliz de saber que pessoas como você estão lendo o que eu escrevo. muito obrigado pela sua opinião ele foi de grande importância para mim!

      Excluir
  6. Ola bom dia eu me chamo Luiz tenho 23 anos , trabalho sou formado em tequinico em informatica
    bem o meu caso e o seguinte tive 3 relacionamentos mais nunca deram sertos me sinto uma pessoa feia por isso nenhuma garota me elogia ou que me olhem isso me deixa muito desanimado e triste tenho muita alto estima baixa o que eu poderia fazer pra muda isso obrigado abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Existe muitas coisas além da aparência física que atraem as mulheres: gentileza, carinho, inteligência, dedicação. Não estou sendo demagógico essas coisas realmente chamam a atenção das mulheres. Passe a investir mais tempo nas suas qualidades e pense menos nos seus defeitos. Quanto a ser elogiado ou "paquerado" se é isso que você quer passe a investir mais na sua aparência: roupas, cabelos, academia etc. Isso no entanto não vai significar que você vai ser mais feliz, mas fará você ser mais elogiado. Se você já teve 3 relacionamentos o problema não está em começa-los e sim em mantê-los, é interessante que você pense o que afastou essas namoradas.

      Excluir
  7. Tenho a autoestima baixa minha mãe sempre me chamava de sonsa por eu ser muito quieta,cresci e comecei a faculdade porém tranquei sem condicões de pagar e minha mãe dizia q minhas amigas ñ me procuravam mais pelo fato de eu ñ ter uma faculdade.casei e ela sempre dizia q ia a cartomantes e q diziam que meu marido me traia e ñ queria meu crescimento pessoal.de tanto dar ouvidos a ela me separei e voltei a morar na casa da minha mãe e ela sempre me alfinetava. Voltei com meu ex e descobri q qnd nos separamos ele teve relação sexual com uma amiga dele q eu odiava e hoje em dia me sinto mal com meu corpo e comigo mesma por achar q o fato dele ter escolhido sair com ela faz dela melhor q eu! Estamos juntos agora mais estou mal comigo mesma.Ñ sou feia sou magra 58kg alta1,68.chamo muita atenção de outros homens pq me sinto assim? E como melhorar isso em mim?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não segredo para ninguém que as palavras que ouvimos dos nossos pais nos influenciam pela vida toda, falo isso no outro texto sobre autoestima:
      http://www.psicologosp.com/2012/12/como-melhorar-autoestima.html (copie e cole no seu navegador)
      É importante que em algum momento da vida você apreenda a se isolar disso, por mais que você ame a sua mãe, entenda que nem tudo que ela fala é verdade e precisa ser ouvido. Somente você sabe quem você é, e do que é capaz.

      Excluir
  8. Eu me corto já faz um tempo, agora sinto como só a dor dos cortes me deixam bem. Eu não consigo mais parar e ninguém sabe. Eu comecei ter episódios de chorar e depois começar a rir muito, sem motivo. Tenho medo de procurar ajuda e dos meus pais descobrirem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você fala que tem medo dos seus pais descobrirem como se você estivesse fazendo algo errado sendo que quem precisa de ajuda não merece reprovação (a não ser por ter demorado a pedir ajuda)

      Excluir
  9. Ola Cesar, estou muito triste, estou com uma pessoa a amis de ano e meio, ela tem dois filhos
    um com cada homem, faço de tudo para ela principalmente financeiramente, descobri esses dias que ela arrumou uma briguinha comigo para viajar com um das pais do filho dela que tem 60 anos
    evidentemente ela iria me procurar quando voltasse, mais descobri primeiro. Como faço para esquecer essa pessoa e tira-la da minha vida, pois tenho a certeza de que ela não me ama.
    Obrigado
    Vilmar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia o post como superar o fim de um relacionamento:
      http://www.psicologosp.com/2013/08/como-superar-o-fim-de-um-relacionamento.html

      Excluir
  10. Obrigado!!! essa conselhos foram de grande ajuda, pois eu tenho vontade de vencer a baixa auto estima, mas as vezes eu quero conversar com alguém que me entenda ou me de uma dica é não tinha ninguém, vou criar coragem e tentar ser um pouco mais confiante sobre mim mesmo.



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. com certeza vc vai conseguir parceiro, vc e capaz e vai ser feliz. continue lutando e confiando em dias melhores q tudo vai da certo

      Excluir
  11. César, muito legal sua iniciativa... Deve ser recompensador ver que está ajudando a tantas pessoas, assim como é recompensador para nós "anônimos" saber que não estamos sós nesse sentimento. Desejo a todos que aqui se expressaram muita força!

    No meu caso, chego a ter vergonha de admitir que procuro esse tipo de conteúdo na internet, pois sou estudada, esclarecida, auto-suficiente, mas me sinto, há muitos anos, como um pássaro na gaiola. Leio e pesquiso muito, pois tento me conhecer e vencer meus obstáculos, mas é difícil descobrir que seu pior carrasco é você mesmo! E que não é culpa de ninguém, a não ser de você mesmo, o seu fracasso. E como vencer isso? Como achar motivação, força, entusiasmo?

    Sei que tenho autoestima baixa, me sinto insegura até com as coisas mais bobas, tenho medo, medo de perder, medo de não me sair bem, medo de ser rejeitada, medo de ficar sozinha. Mas ao mesmo tempo sei que não posso projetar em ninguém isso tudo, ninguém pode ser feito de tábua de salvação do outro. Ninguém merece isso!

    Vou lutar pra seguir essas dicas e tentar me fortalecer, acreditar em mim e recuperar meus sonhos e objetivos!

    Como li numa frase de Nelson Mandella essa semana : "quem sou eu pra NÃO ser atraente, bem sucedido, brilhante e inteligente? Me diminuir não vai ajudar o mundo".

    Abraços e até os próximos posts!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muitas pessoas esclarecidas, estudas e bonitas se encontram nessa situação. Como se diz: "até o médico fica doente". Se não sente capaz de resolver o seu problema sozinha não exite em buscar ajuda de um analista...

      Excluir
  12. Parabéns! Adorei o blog , muito bom mesmo... A partir do que eu leio , consigo ajudar muitas pessoas e a mim mesma.

    ResponderExcluir
  13. Muito bom esse blog mesmo. E assim: eu sempre fui um jovem pegador tinha muita sorte nas garotas, mas o mal caiu sobre aminha pessoa. Enquanto tudo tava adar certo mulher para ca mulher para la. Tive uma briga com um conhecido, lutamos num bar e ele mi acertou com garrafa ferindo meu rosto perguei seis pontos como presente. Dai a minha vida mudou, comecei abeber ate fumar por conta disso. Me relaciono sok me sinto inseguro em tudo. Cesar uke fasso. Victor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É inegável que a aparência é importantíssima para iniciar um relacionamento, porém você está se focando unicamente nisso. Tente lembrar que você é mais que apenas um rostinho bonito e todas as suas qualidades é o que atrai as pessoas.
      Busque saber se é possível amenizar a aparência da sua cicatriz, cirurgias reparatórias ou maquiagens. Sei que você já pensou nisso, mas por experiência sei que as pessoas pensam nessas coisas, mas não correm atras. Então informe-se sobre a possibilidade de serviço seja público, ONG ou particular.
      Por último, não esqueça de desenvolver mais qualidades que te tornem um sujeito interessante, saber conversar e saber ouvir torna qualquer pessoa mais atraente.

      Excluir
  14. Amei este site, quem o criou está de parabéns, estou aprendendo muita coisa. PARABÉNS MESMO :D

    ResponderExcluir
  15. bem na verdade me sinto muito cansada e me recuso a sair de casa fico muito fechada saio apenas para trabalhar o trabalho me estressa bem não consigo mais aceitar meu marido quero sempre ficar sozinha e eu sinto que isso me afeta por isso procurei uma palavra que talvez me abrisse os olhos isso me deixa muito mal entende

    ResponderExcluir
  16. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  17. Cesar venho por meio deste, te agradecer por fazer do seu blog verdadeiras consultas, estou lendo todas as suas postagens e me identificando muito. Muito Obrigado!

    ResponderExcluir
  18. cesar gostei muito dos comentarios , obrigado

    ResponderExcluir
  19. amei esse Blog, me ajudou bastante a entender sobre ansiedade!!
    muito obrigada!!

    ResponderExcluir
  20. Olha, também sofro demais com tudo que foi dito. Parece que me descreve. Tenho 36 anos, com mestrado, já passei em vários concursos, mas internamente existe uma força, pensamento, ideia fixa que sempre me deixa com baixa autoestima. Sinto-me a pior das pessoas em todos aspectos: aparência física, inteligência, ser humano e filha. Na infância fui foco de comparações pois tenho cinco irmãs, mas o que me fazia mais infeliz era ver minha mãe sempre me xingando, falando que eu era levada e, ao mesmo tempo elogiando uma irmã como, como ela é educada e também atributos físicos. Já pensei inúmeras vezes procurar o psicólogo mas não fiz. Nunca namorei realmente e, quando alguém se interessava por mim eu me fechava num casulo. Na faculdade não participava de nada com medo de não ser aceita, agora sinto o quanto perdi com esse problema. Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse problema atinge muitas mulheres como você que buscam na qualificação profissional uma forma de fortalecer a própria autoestima. Se você seguir o perfil delas, deve estar morando com a sua mãe ou mantendo contato constante com ela (bem mais que suas irmãs) o que te impede de esquecer a fonte da sua baixa autoestima... Como você mesma disse, já perdeu muito tempo com esse problema, procure um(a) psicólogo(a) e mude essa realidade.

      Excluir
  21. Cara tb tenho uma baixa autoestima por conta de achar inferior a outras pessoas como aparencia e tb a inteligencia. Isso me atrapalha pq gera mt inseguranca em si. E isso acaba que as vezes me impede de se aproximar das pessoas. N consigo criar vinculos.

    ResponderExcluir
  22. Boa tarde tenho 40 anos e os meus relacionamentos acabam todos pk eu tenho muitos ciumes e faco muitos filmes sem fundamento tenho medo de ser trocado por outro pk sinto que os outros sao mais bonitos e interessantes e isso faz com que viva sempre a desconfiar de tudo .
    Quando estou desconfiado de algo fico sem controle bloqueio e deixo de ser razoavel nos pensamentos no meu interior sei que estou errado mas nao consigo reagir com razoavilidade e so faço procaria nao sou violento fisicamente nem verbalmente mas as minhas atitudes levam a a pessoa que está comigo a ficar magoada com as minhas desconfianças a por em causa a honestidade dela e acabam por terminar o namoro por ue ser tao desconfiado
    Sou uma pessoa com baixa auto-estima e um pouco tímido e tenho muito receio de estar so
    O que devo fazer para contrariar esta maneira de ser que so me prejudica?

    ResponderExcluir