Ads (728x90)

.

O que é TOC?

      

Transtorno Obsessivo Compulsivo
ou TOC trata-se de uma doença ligada a obsessões e compulsões. Uma obsessão é uma ideia, pensamento ou imagem mental que surge na mente de maneira repentina e acaba por tornar muito difícil (quando não impossível) para o sujeito pensar em outra coisa. Uma compulsão é um comportamento consciente (a pessoas sabe que está fazendo isso) e recorrente que o compulsivo não consegue evitar ou tem dificuldades em fazer isso.
     Pacientes com TOC são acometidos por obsessões, ou seja, alguma idéia fixa e persistente que em geral lhe é muito incomoda, pode ser um pensamento do tipo: “tenho que colocar fogo na minha casa” ou “mundo vai acabar hoje” (estes são exemplos reais que falados por pacientes). Esses pensamentos repetem incessantemente assim como as ideias ligadas a eles, o obsessivo tem consciência de que estes pensamentos são absurdos e perigosos, mas não consegue se distanciar deles. Nesse ponto a compulsão surge como uma forma de afastar tais pensamentos, assim ao invés do individuo incendiar a própria casa, ele irá contar objetos (por exemplo), ou então passará a esconder e evitar isqueiros, fósforos etc.
     O comportamento de evitar certos objetos faz com que às vezes o transtorno compulsivo seja confundido com fobia, a diferença está no fato que nas fobias existe o medo do objeto e no TOC existe a necessidade de evitar o pensamento que esse objeto traz.
    Resistir ao impulso compulsivo aumenta o estado ansioso ao passo que ceder a compulsão alivia a ansiedade (como acontece com um vício). Por  esse motivo e pelas causas atribuídas ao TOC que ele está enquadrado entre os Transtornos de ansiedade.

Qual a diferença entre o TOC e a mania?

     Mania é um termo da Psiquiatria que no senso comum virou sinônimo de hábito ou costume, é sobre isso que estou falando inicialmente. Na mania comum não existe obsessão (por ai para já vemos a diferença) e apesar do comportamento repetitivo também ser usado para aliviar ansiedade o sujeito possui maior controle sobre ele. Se sua intenção lendo esse artigo é aprender a se livrar de uma mania sugiro que leia: Como vencer vícios e manias.
   
   Dentro da psiquiatria mania é uma ideia fixa apresentada em casos de psicose. Na mania o individuo é tomado de um pensamento ou ideia da qual ele não consegue se distanciar, como é caso da mania de perseguição, nessa mania em questão sujeito é tomado pelo axioma de que é constantemente perseguido por uma pessoa (ou grupo de pessoas). A diferença entre essa mania e o TOC é que na ultima o sujeito tem possui consciência de que a ideia obsessiva é absurda, não existe delírio. Na psicose o paciente não só acredita que sua ideia é perfeitamente lógica quanto cria um emaranhado de fantasias para sustentá-la.
     No transtorno bipolar existe uma oscilação entre a depressão e a mania, aqui mania seria o inverso da depressão, uma elevação exagerada do humor psicológico que levaria o sujeito a um estado de euforia e sensação de onipotência (mania de grandeza). 

                                         Sintomas de TOC    

Obsessivos
Compulsivos
    Preocupação, evitação ou repulsa exagerada por certos objetos: facas, fósforos, secreções corporais, etc.
Excesso ou ritualização de lavagem de mãos, escovação, banhos ou pentear cabelos.
Medo constante de que algo terrível possa acontecer: incêndios, morte e doenças (própria ou de uma pessoa querida).
Verificação de portas, aparelhos, gás, fechaduras carros, etc.
Pensamentos, impulsos ou imagens mentais proibidas ou perversas.
Organizar objetos de maneira sistemática baseada em cores, tamanho, forma etc.
Impulsos, ideias ou imagens de conteúdo sexual, em geral inadequados ou perversos.
Rituais repetitivos, por exemplo, sentar e levantar determinado número de vezes até se acomodar em um assento. 
Sons, palavras ou musicas sem sentido e intrusivas.
Armazenar e colecionar
Inquietação relacionada com simetria ordem e exatidão.
Necessidade de perguntar, confessar ou se desculpar por coisas desnecessárias. 
Preocupação com coisas relacionadas à sorte e azar (cores, números, objetos, palavras e superstições).
Tomar medidas que evitem riscos ou perigos para si e para outras pessoas
Impulsos e ideias agressivas e violentas
Contar objetos
Medo e preocupação com contaminação
Lavar, esterilizar ou qualquer outro ritual para evitar risco de contaminação.
Pensamentos ligados a questões religiosas, excessivos ou em desarmonia com a experiência cultural e familiar do sujeito.

A tabela não sugere relação entre obsessões e compulsões

TOC tem cura? 

    Para ser sincero esse não é um transtorno simples de se tratar, ele costuma ser desgastante tanto para o paciente quanto para o terapeuta. Até a ultima pesquisa que eu li, foi apontado que cerca de 50% dos pacientes eram capazes de sentir melhoras significativas em seus sintomas após tratamento medicamentoso e psicoterapêutico.
     Já ouvi relatos de pessoas que afirmam terem conseguido se curar definitivamente desse problema. Entretanto quando o assunto é Transtorno obsessivo-compulsivo a intenção principal tanto do psicólogo quanto do médico é melhorar a qualidade de vida do paciente. 
    O TOC pode levar ao isolamento social, acarretar um Transtorno Depressivo Maior e por vezes ao suicídio. Desse modo para o psicólogo é interessante auxiliar o paciente desenvolver um maior autocontrole, ajustamento social e profissional.     

Postar um comentário

Blogger
  1. Cesar, muito legal este assunto. Eu tenho uma irmã que é psicóloga, então acabo tendo contato direto com esta informações...
    Meu filho está com a mania de roer as unhas, e já percebi que ele é muito ansioso.
    Temos um primo que assiste o filme do Titanic, todo sábado as 15:00hs... e isso já vai para 5 anos...heheheheh
    Beijo no coração

    ResponderExcluir
  2. meu nome e´ana a 5 ano peguei a mania de corta os mes proprio cabelos me ajuda por favor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ana! Escrevi dois artigos que falam passo a passo como vencer manias:
      http://www.psicologosp.com/2012/07/dica-de-como-se-livrar-de-um-vicio-ou.html (copie e cole no seu navegador) talvez não esteja lendo direito no explorer mas vou melhorar esses artigos essa semana.

      Excluir
  3. Olá César , muito bom seu blog, parabéns!! Bem meu problema começou quando fiz uso de remédios para ansiedade a mais ou menos 1 ano prescritos pelo neuro, porém me deram efeito ao contrário, até em suicidio pensei e desde então não consigo ficar em casa sozinha principalmente com minha filha , pois acho que criei fobia dos pensamentos terrÍveis que tive, as vezes evito certos objetos como facas e tesouras com medo de perder o controle e me machucar e machucar meus filhos. As sensação é a mesma da sindrome do pânico, quando estou com meu esposo em casa me sinto bem, só acontece se fico com eles em casa sozinha. Não uso mais medicações com medos das reações e só uso medicação natural, só que mesmo assim tenho crises. César isso pode ser TOC , Fobia ou Transtorno do panico???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente eu não posso dar um diagnóstico pela internet. O ideal é que você faça uma consulta a um psicólogo e/ou psiquiatra e tenha um diagnóstico exato e o tratamento adequado. Leia o artigo:
      http://www.psicologosp.com/2014/02/controlando-pensamentos-obsessivos.html

      Excluir
  4. Gostei muito do blog parabéns!

    ResponderExcluir
  5. Bom,eu tenho 15 anos,eu ja tive pensamentos ruins que meu avô ia morrer,eu alimentava os pensamentos ruins,até imaginava a morte dele,e chorava imaginando,e ele faleceu,e to tendo pensamentos ruins de novo,pensamentos que pode acontecer alguma coisa com as pessoas que amo,eu ja to tendo esses pensamentos ruins a algumas semanas,como eu faço pra me livrar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A maneira mais mais certa para se vencer os pensamentos obsessivos é procurando ajuda profissional. Eu escrevi um artigo com algumas dicas para se livrar de pensamentos obsessivos espero que te ajuda:
      "http://www.psicologosp.com/2014/02/controlando-pensamentos-obsessivos.html" Copie e cole na barra de endereços.

      Excluir
  6. Muito útil,
    Me sinto até acolhido com essas informações!
    Parabéns pela disponibilização das informações!

    Amigo, um colega psicologo receitou eu me consultar com um especialista em regressão de memória, pois desenvolvi pânico por voar, já voei até três vezes, mas isso piorou e na última viagem eu não fui, tive uma crise forte, você acredita que esse tratamento de regressão é eficaz?

    Forte abraço amigo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prefiro sempre trabalhar embasado em ciência e naquilo que é comprovado por ela. Não encontrei nada que dê embasamento cientifico para as terapias de regressão, também não vi nada que me fizesse crer que elas são prejudiciais (confesso porém que minha pesquisa foi rasa).
      Isso não significa que essas terapêuticas não funcionem, aliás a todo tempo vemos cientistas confirmando a eficácia de coisas que o conhecimento popular a anos já atestava.
      Se você já passou pelos tratamentos convencionais (psicoterapia/medicação, psicólogo/psiquiatra) e se isso não pesar no seu bolso não vejo razão para não fazer, ainda que a título de curiosidade.
      Lembre-se que a minha palavre de psicólogo assim como a do seu amigo não tem valor se não for baseada em fatos concretos e observáveis. Pesquise no google acadêmico (beta) sobre terapias de regressão e veja o que acha.

      Excluir
  7. tenho mania de contar quadrados de calçadas isso e toc?


    ResponderExcluir
  8. Não vou mentir para você... Em boa parte dos casos o TOC começa exatamente assim, parece um joguinho bobo a pessoa faz quando está sozinha. Porém vai crescendo gradativamente, começa contando quadrados na calçada, depois grandes nos portões, blocos nas paredes até de deixar totalmente aprisionado no sintoma. Então pare! pode realmente não ser nada mas como você já está preocupado (a)...

    ResponderExcluir
  9. Meu marido tem pensamentos ruins tipo: se ele fechar os olhos ou não tiver fazendo nada descansando a mente... ele fica imaginando cenas na cabeça dele de como se matar quem vai ver e tal o que pode ser ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ideação suicida é uma coisa muito séria, não espere ele ter coragem para fazer isso, procure um psiquiatra!

      Excluir
  10. Olha eu convivo com esses pensamentos ruins ao bom tempo e também com muitas manias tipo o toc já tentei parar com isso mais não consigo esses pensamentos que eu tenho são pensamentos muito ruins mesmo e eles vem do nada na minha cabeça por exemplo:vou tomar banho ai do nada eu começo com alguma mania ai de repente vem um pensamento ruim, ou to andando de bike ai começo com alguma mania ai do nada aparece uns pensamentos ruins eu quero parar com isso mais não consigo eu já não sei mais o que fazer preciso de ajuda eu não estou aguentando mais isso

    ResponderExcluir
  11. Muito obrigada! Me ajudou bastante!

    ResponderExcluir
  12. Oi Cersar meu nome e Maria tenho 23 anos e tenho 3 filhos pequenos depois do nascimento do meu terceiro filho tenho tido pensamentos muitos ruins de mortes de acidentes tanto comigo ou com algum parente fico com meu coração acelerado quando saio pra rua fico imaginando que vou tomar tiro vou ser atropelada vejo video de pessoas mortas oque eu posso fazer min ajudaaaaa

    ResponderExcluir