Ads (728x90)

.
Cesar Augusto S. Borella. Tecnologia do Blogger.

Quando a timidez se torna uma doença
    

Nos últimos meses os artigos que tratam de timidez são os mais lidos no Psicólogo.com. Tenho notado que muitas pessoas que me enviam mensagens e perguntas, não são apenas tímidas, mas são gente que sofrem de um transtorno chamado fobia social e sobre isso que quero falar:

O que é uma fobia?
      Uma fobia é um medo irracional de um objeto específico e determinado (ratos, altura, etc) que faz com que sujeito se esquive ou fuja intencionalmente da situação ou objeto de temor. Quem possui uma fobia sabe que ela é exagerada ou absurda, porém não consegue controlar suas reações. A presença do objeto (situação) temido e até mesmo a antecipação do contato com ele causam no sujeito grande sofrimento.

O que é fobia social?

    É uma forma de fobia cujo objeto de temor são as interações sociais: conversar, falar em público, trabalhar, comer ou fazer qualquer coisa onde o sujeito se veja em situação de observação ou sob julgamento de outros. A fobia social é geralmente confundida com timidez. Essa troca é justificável, pois, fica difícil saber onde termina a vergonha e começa o medo.

Diferença entre timidez e fobia social

    
   A timidez se caracteriza por uma sensação de desconforto ou vergonha diante de situações de interação social, tais como falar em publico ou perguntar algo a um estranho. Uma pessoa tímida costuma ser insegura e introvertida, fala pouco e dificilmente expressa a sua opinião, mas existem situações em que a timidez só aparece em momentos bem específicos tais como falar ao telefone, pedir um favor ou fazer uma reclamação para um terceiro.

    Fobia social é uma patologia psiquiátrica (dentro dos Transtornos Fóbicos Ansiosos) cujo principal Característica é a intensa ansiedade gerada em situações sociais (festas, conversas, até o simples olhar do outro é uma forma de interação).
     Nos dois casos os sintomas de ansiedade podem aparecer.  A diferença é que uma pessoa tímida pode segurar a sua timidez e realizar a suas obrigações ou vontades da melhor maneira que possível. Já um sujeito com fobia social, vai preferir se prejudicar a enfrentar o seu medo. Conheci um rapaz que com muito sacrifício fez todo o seu curso de Psicologia (vai entender), mas desistiu no último momento, justamente na hora de apresentar o TCC, por que não iria conseguir falar em público. Isso é um exemplo claro de fobia social.
   Pessoas tímidas tendem a serem mais extrovertidas, quando estão rodeadas de pessoas em que confia, por exemplo, parentes e amigos.  Quando um indivíduo não se sente a vontade em nenhum ambiente em que haja interação social (mesmo diante de conhecidos) ele pode estar sofrendo de Fobia social.
   Ao contrário dos outros transtornos ansiosos a fobia social aparece principalmente em homens, por regra ela surge de maneira leve e vai se acentuando gradualmente, ou seja, ainda na infância se é uma criança tímida e introvertida, aos poucos se torna um adulto com fobia social. 

Fobia social: sintomas

     Pessoas cm fobia social, assim com qualquer outra forma de fobia apresentam sintomas físicos quando são obrigadas a enfrentarem seus medos. Esses sintomas são reações orgânicas naturais (taquicardia, sudorese, respiração ofegante...) e estão ligadas a ansiedade (veja tabela ao lado). Além desses existem outros que são específicos desse transtorno:
a)   Medo ou temor acentuado e persistente diante de uma ou mais forma de interação social onde o individuo possa ser avaliado por outras pessoas.
b)   Medo de agir de forma embaraçosa ou humilhante diante de pessoas estranhas ou conhecidas. Esse temor inclui o fato dos outros perceberem que ele está nervoso ou ansioso.
c)   O comportamento de evitar ou se esquivar de situações de interação social interferem significativamente na rotina do sujeito, fazendo com que ele evite qualquer forma de realizar tarefas que para outros seriam simples e corriqueiras.
d)   Estar exposto a situações sociais, quase sempre levam a crises de ansiedade intensa que por vezes podem se tornar Ataques de Pânico.
e)   Compreensão de que esse medo é excessivo e irracional
f)    O comportamento ansioso não pode estar ligado ao uso de algum tipo de substancia (droga ou remédio) e nem a presença de outra doença médica ou psicológica.       

Tratamento para fobia social e timidez

 Psicoterapia cognitiva comportamental: de modo geral envolvem modificação da forma como você formula e associa ideias e pensamentos (retreinamento cognitivo); treinos que fazem com que a ansiedade e o medo de situações sociais sejam diminuídos (dessensibilização); ensaios guiados pelo terapeuta durante as sessões; tarefas e exercícios para serem realizados em casa.
    Medicamentos: alguns medicamentos mostram-se efetivos no tratamento de fobia social, sobre tudo os inibidores de monoaminoxidase. Tenha em mente que para ter acesso a esses medicamentos é necessário passar pela avaliação de um médico (psiquiatra), por isso mesmo não irei mencionar nomes comerciais.
  Terapias analíticas: (psicanálise, psicoterapia existencial etc.) pretendem arrancar o mal pela raiz, tentando identificar o que gerou o problema e dessa forma fazendo o paciente progredir como um todo. A questão é que elas trazem benefícios em longo prazo, mas quem tiver paciência colhe melhores frutos com esse tipo de tratamento.
As pesquisas mostram que a combinação entre medicação e psicoterapia traz melhores resultados do que qualquer uma delas separadas. Por isso para um tratamento eficaz consulte um médico e um psicólogo simultaneamente. 

Postar um comentário

Blogger
  1. Gostei muito cesar.Sempre fui muito timido perdi um pouco disso quando comecei a trablhar com atendimento ao público.

    ResponderExcluir
  2. Ou seja você fez um tratamento de choque. Que bom que tenha resolvido o seu problema e que tenha gostado do post. Muito obrigado

    ResponderExcluir
  3. oi,sofro muito com o desconforto de sair de casa ,não consigo ir a uma praça que o medo não deixa,medo de desmaia em publico,me ajude por favor,diga como trbalha com isso,eu trabalho com vendas em uma loja grande a todo molmento tem pessoas ao meu redor,não entendo porque o medo.me mande resposta por favor,bjs vania.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vania!Me desculpe a demora. Vou ser direto: Você sabe o que é Síndrome do Pânico? Me parece que esse é o seu problema Pânico com Agorafobia. Procure por esses termos na internet. te aconselho a procurar um médico e falar sobre esses sintomas, existe medicação que pode te ajudar. Existem também psicoterapias muito eficazes para se possível use os dois recursos.
      http://www.psicologosp.com/2012/06/aprendendo-lidar-com-sindrome-de-panico.html

      Excluir
  4. OI sou uma pessoa bastante complicada
    tenho medo de sair na rua pois penso que todos estão me observando,
    mal saio de casa e sinto um medo que não consigo explica
    tenho medo de ser jugada,observada de falar com os outros principalmente os estranhos.

    me ajudeeeeeee!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O medo de ser avaliado pelas outras pessoas é algo comum aos tímidos e pessoas com fobia social, entretanto isso é meramente uma, ilusão falo isso em:
      http://www.psicologosp.com/2012/12/15-dicas-para-controlar-timidez-parte-2.html
      Se você quiser resolver de vez esse problema vai precisar dar o primeiro passo e procurar ajuda de um profissional que possa estar cara a cara com você.

      Excluir
  5. Oi sempre fui tímida desde a infância, mas agora com 25 creio que estou com fobia social passei por isso algumas vezes inclusive noite passada que fui pra um a festa depois de algumas horas comecei a passar mal com todos os sintomas que descreveu no seu artigo passei muita vergonha e não sei como lidar com isso, estou muito mal, já tentei psicanalise mas desisti por que tinha dificuldades em falar os meus problemas cara a cara por isso pesço sua ajuda pois por mensagem é mais fácil pra min.. também sinto um desconforto quando saio pra rua fazer coisas banais pra a maioria das pessoas geralmente sou interpretada como metida e distraída pois procuro não olhar pra pessoas ao meu redor mas isso me destrói por dentro pois não queria ser assim e perco muitas oportunidades na minha vida deixo de fazer até o que antes gostava e venho me isolando cada vez mais não sei mais o que fazer por mas que eu tente me controlar é mais forte que eu, pode me ajudar???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Te ajudar da maneira que você deseja não. Simplesmente por que é proibido pelo CFP realizar qualquer tipo de terapia via internet. O segundo ponto é que você precisa se expor, quanto mais permanecer escondida mais vai ser difícil sair disso. Como você leu no artigo a terapia medicamentosa também é usada na fobia social, talvez seja o caso de procurar um médico e ai então voltar a psicoterapia.

      Excluir
  6. Oi Cesar, lendo seu artigo, me identifiquei,pois mesmo já tendo apresentado TCC, com muito sofrimento, ainda tenho muita dificuldade em falar em público, especialmente público adulto, crianças e adolescentes eu ajo com naturalidade, mas quando são adultos eu tenho a sensação que vou desmaiar, meu coração acelera, sinto que a voz fica tremula e parece que vai sumir, mas ler é pior que falar, pois falar mesmo sofrendo eu consigo, já ler eu não consigo, simplesmente eu sufoco e tenho que parar, as pessoas me criticam porque sou professora e por isso não me entendem. O que você me aconselha?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você não tem medo das crianças por que não se sente julgada por elas, os adolescentes não te intimidam. Os adultos não são monstros protos para te criticar ao primeiro erro, na verdade eles podem ser até bem compreensíveis diante de uma pessoa nervosa, mas ainda que essa crítica surja, você precisa ter em mente que elas não significam nada, que pode superá-las:
      http://www.psicologosp.com/2013/04/aumentar-auto-confianca.html (cole no navegador)

      Excluir
  7. Sofro com fobia social desde os 15 anos, inclusive largei meu emprego este mes por conta de estar sofrendo muito com a fobia principalmente com a ansiedade, ou seja, nao aguento mais isso ja tenho 19 anos e nao consigo parar se quer 6 meses em algum emprego, o que eu queria saber eh se a psicoterapia eh um tratamento gratuito incluindo os medicamentos e com quanto tempo ja se apresenta algum tipo de melhora significativa a ponto de melhorar a minha qualidade de vida, que por sinal no momento eh PESSIMA. Agradeco se puder me ajudar de alguma forma...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fobia social é um problema sério, por isso a melhor ajuda que posso te dar é lhe orientar que busque a ajuda de um psicologo ou médico (de preferencia psiquiatra). Não existem motivos para você continuar sofrendo se existem tratamento para o seu problema

      Excluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aparentemente você sofre sim de fobia social. O melhor que você pode fazer é buscar a ajuda de um profissional que possa te atender modo presencial. Sei que isso não é algo fácil para alguém com o seu problema, porém se você quer mudar isso vai precisar dar um primeiro passo...

      Excluir
  9. Boa tarde cesar,

    Eu tenho duvidas em relação a minha situação, ainda nao consegui identificar se tenho fobia social, se é timidez, ansiedade, ao ataques de pânico. Na hora de apresentar um trabalho na faculdade eu fico bastante nervoso. Na hora de falar em meu circulo de amigos durante mais de 1min começo a ficar muito nervoso. Evito muito de olhar pessoas nos olhos, por vezes até familiares. A que se deve tudo isto?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para você ter certeza do que se trata o seu problema faça uma avaliação com um psicólogo ou psiquiatra da sua região. Infelizmente não posso dar diagnósticos pela internet, o CRP é rígido em relação a isso.

      Excluir
  10. Estou sofrendo muito, pois recebi uma oportunidade de emprego , em uma boa empresa , bem falada... Cargo de balconista!!!! Mas inventei uma desculpa pra nao ir trabalhar por causa do trauma de atender o telefone, fico com medo dos outros balconistas ficar reparando em mim quando vou atender o telefone!! No ano passado eu ja trabalhei nessa firma e me dei muito mal com minha fobia social.. Minha voz falhava eu engasgava.. Queria sair correndo da empresa.... Eu fico com tanto medo de atender o telefone .. que um dia eu desliguei na cara da pessoa, e me senti covarde..Me ajude!!! preciso procurar um psicologo, fonoaudiologo , etc.. ??? devo aceitar a proposta de emprego ??

    ResponderExcluir