Como manter o Romance no Casamento
Tão importante quanto encontrar a sua alma gêmea é aprender conservar o amor e afeição que sentem um pelo outro. Por esse motivo, seguindo algumas sugestões (incluindo a da minha esposa) trouxe algumas dicas e conselhos passados por terapeutas de casais para manter viva a paixão durante todo o casamento.

Conversem bastante
A comunicação é o principal indicador de saúde em um relacionamento. Um casal que não conversa é um casal que tem sérios problemas. Da mesma forma marido e mulher que só falam sobre os filhos estão com um relacionamento comprometido. Através do diálogo podemos dizer como nos sentimos e saber como o outro se sente e dessa forma “acertar os ponteiros” da relação.
A conversa não é para ser usada como uma arma para agredir e reclamar do outro, se existe algo errado no relacionamento ambos tem sua parcela de culpa seja por ação ou omissão.

Saiba mais:
Façam atividades juntos
Estudos apontam que casais que realizam atividades em conjunto têm casamentos mais satisfatórios e menor probabilidade de se divorciarem. Um estudo curioso publicado pelo periódico americano Journal of Family Issues aponta que casais que dividem tarefas como a faxina da casa, têm vida sexual mais ativa.
Realizar atividades em companhia do cônjuge ajuda a estreitar o relacionamento, conhecer melhor o outro. Casais que realizam atividades juntos tem algo para conversar coisa além dos problemas do cotidiano. Exemplo de atividades para ser feita em casal:

·        Aulas de dança de salão

·        Caminhada

·        Cursos (façam um que seja de interesse de ambos)

·        Ir à igreja (ou o seu culto religioso)

Deixem os filhos em casa e saiam sozinhos às vezes
      Quando os filhos nascem à atenção do casal passa a ser toda para as crianças e os programas românticos a dois deixam de acontecer. Assim o casamento cai em uma rotina difícil de quebrar. Por evitar essa catástrofe os casais americanos têm o hábito de uma noite por mês saírem sem os filhos (preste atenção nos filmes e seriados) para irem ao cinema, teatro, restaurante...
      Siga este exemplo e deixem os filhos com alguém de confiança e aproveitem uma noite só vocês dois. Não precisa ser uma noite inteira, só umas cinco horas, o tempo de assistir a um filme, um show, etc.

Surpreenda às vezes
Tem algo melhor que receber uma surpresa? Receber uma demonstração de que somos amados? E o melhor de tudo é que isso não precisa custar caro e até mesmo pode sair de graça:

· Faça um jantar especial
· Traga um botão de rosas
· De um cartão fora de época
· Mande uma mensagem de amor pelo celular
· Ligue durante o expediente de trabalho só para dizer eu te amo
· Deixe um bilhetinho romântico em um lugar que a pessoa possa achar

Continue lendo esse artigo

{ 14 comentários Comentário }

  1. São dicas que se forem seguidas, são capazes de salvar um casamento! Investir no casamento é investir na família, e família é o bem mais importante que Deus nos deixou nessa terra. O mundo só está esse caos por que a família se deteriorou. Cuidar da família é cuidar de sí mesmo!

    Abraços Cézar!

    ResponderExcluir
  2. Como é complexo manter um relacionamento afetivo por anos, não é mesmo?! Não descartamos pais e irmãos, claro, que existem relações conflituosas no seio familiar. Eu creio que se um casal sempre se lembrar do motivo que o levou a se amar já será um otimo alicerce.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Paarabens meu caro o te blog é educativo e, sensacionalmente,bem escrito, aponta direto para os seus osjetivos sociais com muita clareza.

    ResponderExcluir
  4. Sou casada a pouco tempo e ainda estamos nos ajustando com as diferenças e o dia a dia. Não tenho problemas com a minha relação, nos amamos muito e conversamos bastante o tempo todo sobre tudo para que possamos construir uma relação sólida e feliz. Porém as vezes brigamos por bobagens, e como os dois são muito orgulhosos nenhum quer dar o braço a torcer, levantar a bandeira da paz, daí perdemos muito tempo emburrados um com o outro em vez de aproveitarmos mais tempo juntos.
    Tenho tentado melhorar, mas é difícil voltar atrás quando acho que estou certa. Porém sinto que isto atrapalha a minha relação. Como poderia trabalhar melhor este sentimento e superar este orgulho bobo que não esta levando a nada?

    ResponderExcluir
  5. Desculpa-me a demora em responder a sua pergunta, tive alguns contratempos nos últimos dias. Aprendi há algum tempo que não se deve vencer o orgulho, deve-se desenvolver a humildade e como fazer isso? Treinando! Todos nós sabemos o que é ser humilde, porém ser humilde é algo muito difícil mas quanto mais exercitarmos a humildade mais naturalmente ela vai ficar. Vou escrever um artigo sobre isso e espero que ele te ajude

    ResponderExcluir
  6. estou casada ha quase dois anos e è muito difici,principalmente porque nao è o meu primeiro casamento. ja tenho dois filhos do meu primeiro casamento e estou gravida do meu atual marido,e nao foi uma gravidez planejada e o pior de tudo è que eu estava tomando remedio.eu tenho medo da minha gravidez atrapalhar o meu casamento,ja que minha saude na gravidez nao esta tao boa.

    ResponderExcluir
  7. É normal que no segundo casamento as pessoas se tornem muito mais cautelosas, mas não é por que você se divorciou uma vez que isso vai acontecer novamente. Não vejo como a sua gravidez possa atrapalhar o seu casamento, de modo geral filhos fortalecem a relação.

    ResponderExcluir
  8. Eu namorei durante 5 anos com uma pessoa Maravilhosa. Enfim ,terminei o namora pra ficar com uma outra pessoa, ficamos muito apaixonados, muito mesmo, coisa que eu nunca tinha sentido antes. Porém brigamos muito feio ele perdeu o controle e me agrediu.. Fiquei muito triste não acreditei que tantas brigas começaram a acontecer de repente. Porém ele se mostrou arrependido, mas a minha mãe não aceita, ele tentou até conversar com ela. Mas nada. Eu também fiquei com dúvidas se é essa pessoa que quero levar pra minha vida apesar dele ter pedido perdão. Mas eu ainda gosto muito dele, eu não consigo associar a pessoa que é do que aconteceu. Essa minha postagem e pra saber se existem casais que recuperaram o respeito depois disso se a possibilidade de recuperar tal confiança.... Me sinto muito triste por não saber o que fazer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! Fico orgulhoso em dizer que eu mesmo auxiliei alguns casais nesse processo. Mas depende muito da sua capacidade de perdoar e da disposição dele em mudar. Na verdade ambos precisam perdoar e mudar. Mas é você quem deve decidir se vale a pena ou não tentar novamente, e ninguém nem mesmo a sua mãe pode interferir nessa decisão afinal a escolha de ser feliz ou não é apena sua.

      Excluir
  9. Tou recentemente a viver com o grande amor da minha vida,mas o ciume da minha parte vem me machucando..sempre que tenho um ataque acabo me arependendo pedindo perdao..ainda n tive nenhuma prova de que ele me trai...ha 2 semanas que ele saiu pra trabalhar e dificilmente ele volta pra casa,onde ele trabalha dificilemnte lhes deixam voltar pra casa...na 6feira passada ele ligou dizendo k ia fugir um pouco ,e voltava dia seguinte,mas n aconteceu..fiquei me ruendo de ciumes..acabei ligando pra ele dia seguinte lhe ameacando k voltaria pra casa k n aguentava mas ficar sozinha em casa,falei ate com os meus padrinhos,ele disse k ja estava cansado de ouvir minhas ameacas,eu tinha k decidir o k eu quero,pork ja xtava cansado das minhas reclamacoes,e se eu podesse tinha que aranjar um outro emprego pra ele sair daquele.me ajudem como controlar essa inseguranca eu amo muito esse homem e eu vivo lhe atormentando com os meus ciumes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Escrevi duas matérias sobre como controlar o ciúme
      http://www.psicologosp.com/2012/03/ciumes-como-controlar.html (copie e cole na barra de navegação)
      entretanto, no seu caso acredito que você precisa aprender a controlar as explosões de raiva:
      http://www.psicologosp.com/2012/09/dicas-para-controlar-raiva.html

      Excluir
  10. Parabéns!!! muito bom o seu blog, eu vou dar uma palestra na igreja sobre casais to montando um slide e vou usar algumas de suas palavras mas não to conseguindo copiar e colar, ta bloqueado?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente está sim! Para continuar recebendo visitas do google os artigos precisam ser únicos e estou sendo muito plagiado na internet...

      Excluir

Atenção
Devido ao grande número de perguntas recebidos diariamente torna-se inviável responder a todos, por essa razão caso necessite de apoio psicológico, procure por um profissional na sua região.
Os textos, comentários e respostas apresentados aqui não substituem a psicoterapia presencial.
As informações exibidas aqui são livres ao público, inclusive os comentários, sendo assim assegure-se de não expor aquilo não quer que outras pessoas tenham conhecimento.

Cesar Augusto S. Borella. Tecnologia do Blogger.

Quem sou eu

Copyright © Psicologo.com

É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL OU PARCIAL DOS ARTIGOS DO PSICOLOGO.COM SEM A AUTORIZAÇÃO EXPRESSA DO AUTOR